Entrega do Tamborim de Ouro homenageia os destaques do Carnaval

Os 18 premiados desta edição ergueram seus troféus e se emocionaram relembrando a folia que passou

Por O Dia

Rio - Eles brilharam na Sapucaí neste Carnaval. E na noite de quarta-feira repetiram a dose, no tapete vermelho do 18º Tamborim de Ouro, prêmio promovido pelo DIA. Os 18 premiados desta edição ergueram seus troféus e se emocionaram relembrando a folia que passou. A festa, com direito ao show do grupo Fundo de Quintal, também foi palco para reunião de bambas e grandes artistas da Avenida.

Casal nota 10%3A Selminha Sorriso e Claudinho%2C da Beija FlorFernando Souza / Agência O Dia

Tia Dodô da Portela, uma das maiores homenageadas da noite, foi representada por um time portelense de peso, composto pela lendária porta-bandeira Vilma Nascimento e os sambistas Monarco, Noca e Tia Surica. “Ela doou sua vida ao Carnaval. Para nós, é um imenso orgulho representá-la”, declarou Monarco. Ao lado de seu companheiro de 20 anos de Avenida, o mestre-sala Claudinho, a porta-bandeira da Beija-Flor Selminha Sorriso não conteve as lágrimas ao receber seu oitavo troféu de casal nota 10.

Viviane Araújo foi eleita musa da Sapucaí pela quinta vez Fernando Souza / Agência O Dia

“É muito gratificante receber um prêmio que tem o público como parte principal do julgamento”, contou Selminha, que fez questão de reverenciar outro grande ícone da Sapucaí, a porta-bandeira Maria Helena, da Imperatriz, ganhadora do prêmio especial do Tamborim. “Ela é uma lenda viva”, resumiu a estrela da Beija-Flor. “Ver o carinho de todas as escolas por mim é muito emocionante”, apontou Maria.

A rivalidade que toma conta das escolas no mês de fevereiro, passou longe da cerimônia promovida pelo DIA. No mesmo palco, o intérprete da União da Ilha Ito Melodia, eleito a voz da Avenida, fez questão de cantar o samba da sua agremiação ao som da bateria da Unidos da Tijuca, campeã da categoria bateria show. “O Tamborim também é a oportunidade que temos para confraternizar”, contou Ito.

Mestre Casagrande, comandante dos ritmistas da Tijuca, afirmou que o prêmio será o grande incentivador para o próximo Carnaval. “Esse troféu nos uniu ainda mais. Para o ano que vem, vamos fazer ainda melhor”, declarou. O quesito beldade ficou a cargo da musa da Sapucaí eleita pelo público, a rainha de bateria do Salgueiro Viviane Araújo e da ex-rainha da União da Ilha, Bruna Bruno, que garantiu um troféu especial por sua dedicação à folia. “Encerrei minha passagem pelo Carnaval com chave de ouro. Sempre foi um sonho levar esse prêmio”, contou Bruna.

Fundo de Quintal fecha a noite com ‘canja’ do sobrinho de Zeca Pagodinho

A noite de festa teve um gran finale: o Fundo de Quintal enfileirou clássicos do samba e logo todos estavam num transe de palmas e danças. O grupo que catapultou Almir Guineto, Jorge Aragão e Arlindo Cruz confirmou a tradição de revelar talentos ao chamar ao palco Juninho Thybau, sobrinho de Zeca Pagodinho.

Noca%2C Monarco%2C Vilma Nascimento e Tia Surica receberam o troféu em homenagem à tia Dodô da Portela Alexandre Brum / Agência O Dia

“Ele vai alçar voos cada vez mais altos”, derreteu-se Bira Presidente, cofundador do grupo, entre abraços com o pupilo no camarim. Juninho — que é a cara do tio — parecia até que era ele o vencedor das estatuetas. “Eu mal acredito! Eles são minha influência”, emocionou-se. (Leandro Souto Maior)

VEJA OS PREMIADOS

VOTO POPULAR

ESCOLA DO POVO
Salgueiro — Enredo ‘Do fundo do quintal, saberes e sabores na Sapucaí’

ESCOLA DE OURO
Império Serrano (pela Série A) — Enredo ‘Poema ao peregrinos da fé’

OS DONOS DA RUA
Bloco de rua Cordão da Bola Preta

MUSA DA SAPUCAÍ
Viviane Araújo — rainha de bateria do Salgueiro

SAMBA DO ANO
Portela — Samba ‘Imaginario, 450 janeiros de uma cidade surreal’

JÚRI ESPECIAL

VOZ DA AVENIDA
Ito Melodia — Intérprete da União da Ilha

BATERIA SHOW
Unidos da Tijuca

ENREDO MARAVILHA
Imperatriz — Enredo ‘Axé Nkenda’

CASAL NOTA DEZ
Selminha Sorriso e Claudinho (Beija-Flor)

ALEGORIAS E ADEREÇOS
Unidos da Tijuca

COMISSÃO SENSAÇÃO
Grande Rio — Apresentação Alice no País das Maravilhas

BAIANAS
Mangueira

HOMENAGEM ESPECIAL

Escola de Samba Estácio de Sá; carnavalesco Fernando Pamplona (in memorian); porta-bandeira Maria Helena (Imperatriz), sambista Nelson Sargento (Mangueira); rainha de bateria Bruna Bruno (União da Ilha), porta-bandeira Dodô da Portela (in memorian) e jornalista Kiko Alves (in memorian).

Colaborou Flora Castro