Blocos abrem temporada de folia, que só termina dia 14

Desfile da Liga da Zona Portuária marcou início da festa. Banda de Ipanema e Gigantes da Lira também animaram

Por O Dia

Rio - O Carnaval de rua foi aberto oficialmente ontem com o desfile da Liga de Blocos e Bandas da Zona Portuária na Praça da Harmonia, que reuniu cerca de 500 foliões. O evento marca o início da festa que vai reunir um número recorde de 5 milhões de pessoas, em pelo menos 650 desfiles de 505 blocos autorizados pela prefeitura, com 11 neste fim de semana. A chuva e lama não impediram a animação.

Liga de Blocos e Bandas da Zona Portuária abre oficialmente o Carnaval carioca desfilando pelas ruas do Centro%2C mesmo com lama após a chuvaAlexandre Brum

O evento de ontem mostrou que os dias de folia já contagiam o carioca. Os foliões não economizaram na animação nem na fantasia. José Geraldo da Silva, 56, foi vestido de plantas com a fantasia ‘Viva a natureza’, que promete usar até o fim do Carnaval, o desfile do Monobloco que encerra a festa de rua. “Representa as belezas naturais do Rio. Com essa fantasia receberei com muito amor e carinho dos turistas que estão em nossa cidade”, disse o animado folião.

A abertura oficial do Carnaval de rua teve a apresentação do grupo ‘Frevo Alegria do Rio’, formado por 30 jovens. Segundo o presidente da Federação de Frevo do Rio de Janeiro, Luiz Carlos Soliva, o grupo é aberto para quem quer aprender gratuitamente a dança carnavalesca de Pernambuco.

No colo das mães%2C folionas de 1 ano brincaram no Gigantes da LiraEstefan Radovicz

Também participaram da abertura o bloco Filhos de Gandhy, do Rio, que participam da Liga há 15 anos, segundo o diretor José Odilom de Paula, 54. Com seus tradicionais turbantes, espalharam defumadores para “limpar as energias e trazer uma mensagem de paz” para o Carnaval do Rio.

Na Praça General Glicério, em Laranjeiras, a alegria do Carnaval inaugurou a diversão dos pequenos cariocas. O bloco infantil Gigantes da Lira levou centenas de pais e filhos à Zona Sul do Rio de Janeiro, no fim da manhã de ontem.

Geraldo caprichou na fantasia ‘Viva a Natureza’ e lembrou a OlimpíadaEstefan Radovicz

Os foliões mirins capricharam nas fantasias, como a pequena Luiza Pessoa, de apenas 1 ano, que curtiu a animação no colo da mãe, Laura Pessoa, 37.

Últimas de Carnaval