Por gabriela.mattos

Rio - O Tribunal de Justiça do Rio revogou a decisão que obrigava os blocos a terem autorização do Corpo de Bombeiros. No entanto, o juiz Claudio Augusto Annuza Ferreira, da 9ª Vara de Fazenda Pública, manteve a decisão anterior de que os blocos terão que desobstruir as vias públicas, suspender a comercialização de bebidas e não usar mais o carro de som uma hora após o desfile.

Confira a agenda dos melhores blocos do Carnaval do Rio e programe-se

Justiça revoga decisão que obrigava aval dos bombeiros a blocosDivulgação

De acordo com o juiz, a ação foi proposta pelo Ministério Público três dias antes do início do Carnaval de Rua e que os blocos já haviam obtido aval da prefeitura. Além disso, o magistrado destacou que os bombeiros já receberam uma prévia comunicação da prefeitura em relação aos desfiles, podendo, assim, fazer um planejamento tático operacional para atendimento de eventuais ocorrências.

Você pode gostar