Por luis.araujo
Rio - Excelentes surpresas aconteram no primeiro dia de desfiles da Série A, no Sambódromo, para o Carnaval de 2016. Destaque para a Porto da Pedra, que fez um desfile surpreendente para quem não tinha nada no barracão no início de janeiro e sofria com a questão de financeira. O mérito é total do carnavalesco Jaime Cezário, que aprovetou a leitura fácil do enredo sobre o Palhaço Carequinha, e conseguiu divertir e emocionar o público presente.Rocinha abre primeira noite de desfiles do Grupo de Acesso

Império da Tijuca, com uma excelente leitura de enredo e criatividade nas fantasias e alegorias, também passou muito bem pela Sapucaí, seguida da Viradouro, impulsionada por Zé Paulo, e a Santa Cruz que também realizou um ótimo trabalho de alegorias e fantasias. A Alegria da Zona Sul também foi além do esperado e a Renascer apagou o desfile ruim de 2016. Quem destoou da turma foi a Acadêmicos da Rocinha. A escola de São Conrado teve dificuldades na sua apresentação e deve lutar para permanecer no grupo. 

Império da Tijuca foi a última escola a entrar na Sapucaí Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

Veja a reportagem completa aqui