Comissão de Frente da União da Ilha é destaque em desfile morno

Escola apresentou enredo em homenagem aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro

Por O Dia

Rio - Segunda escola a desfilar, a União da Ilha levou para a Avenida um enredo em homengaem à Olimpíada do Rio. Com alegorias criativas e bastante coloridas, a agremiação esbarrou na fragilidade do tema ao misturar mitologia grega com elementos da cultura carioca e deixou um pouco a desejar. 

Veja a galeria de fotos da União da Ilha

O principal destaque foi a comissão de frente, coreografado por Patrick Carvalho, que trouxe oito cadeirantes entre os integrantes, que faziam malabarismos e acrobacias com as cadeiras de rodas, representando o espírito de inclusão dos Jogos Olímpicos. A comissão arrebatou o público ao usar um tripé, que lembrava a Grécia, de onde subia a pira olímpica, com um efeito de fumaça sensacional.

Comissão de Frente da União da Ilha levantou a SapucaíAlexandre Brum / Agência O Dia

A beteria do meste Cissa também foi um dos destaques, tendo à frente a rainha Bianca Leão, que, no segundo recuo de bateria, chegou  comandar os ritmistas com o apito do mestre. Com um  samba-enredo que embalou os componentes, a escola fez um desfile divertido, mas um pouco morno.