Taís Araújo é 'Dona da Roda' de camarote e curte folia sem Lázaro Ramos

Ator ficou em Salvador com os filhos do casal

Por O Dia

Rio - Taís Araujo é a "Dona da Roda" do camarote da Boa, que neste ano tem o tema boteco, na Marquês de Sapucaí. Exuberante, ela faz o papel de musa neste Carnaval sem a companhia do marido, Lázaro Ramos. A atriz veio de Salvador especialmente para participar da folia carioca.

Taís Araujo posa durante festa e camaroteAgNews

"O Lázaro ama Carnaval. Ele está em Salvador com as crianças. Eu também estava lá, cheguei hoje. Eles, o Lázaro e meu filho mais velho, vão sair no filhos de Gandhi amanhã", conta. Sobre o título de musa, a atriz diz que recusa este rótulo. "Não quero ser musa. Sou a Dona da Roda de Samba. Esse título é mais próximo do que eu quero ser". 

Taís aceitou o convite de ser a anfitriã do camarote já que adora Carnaval. Animada, ela quer ficar até a última escola desfilar. "A Tijuca é minha escola do coração. Vou ficar aqui até a última escola. Gosto de escola de samba, de ensaio técnico. Gosto desse Carnaval".

Vestida com um macacão que tinha muitas pedras, o look de Taís é assinado pela estilista Lethicia Bronstein. A atriz que estava no ar na série "Mister Brau", comentou que acha engraçado a comparação que fazem dela com o marido com o casal americano Beyoncé e Jay Z.

Ela também conversou sobre qual foi sua preparação para o Carnaval e falou sobre sua falta de vontade de desfilar. "Não tive nenhuma preparação. Fiquei com sinusite e nem pude malhar. Tem épocas do ano que não dá pra fazer dieta, senão qual a graça da vida? Mas geralmente faço ballet fitness e um alongamento de força", disse. "Não tenho vontade de desfilar. Só se fosse de camisa e calça, para pular bastante. Mas sem aquela obrigação de manter corpão. Já fui rainha em São Paulo, mas não vou ser mais porque sei que não vou dar conta com a vida corrida que eu tenho", continuou. 

Sobre ser mãe de novo, Taís que é mãe de dois, revelou desejar mais um. "Quando minha filha mais nova nasceu, eu falei que não queria mais filho. Mas aí ela acabou de fazer um ano e eu pensei: 'daqui a pouco não tem mais neném em casa'".