Por paulo.gomes
Rio - Ela encarnou a ‘Fera Ferida’ no enredo sobre Maria Bethânia, no emocionante desfile da Mangueira, na noite de Segunda-feira. Com formas perfeitas, esbanjando simpatia, interagindo com o público e outros integrantes, além da postura de rainha, Evelyn Bastos atraiu olhares e expressões. Outras beldades, também ‘causaram’ no desfile das grandes escolas.
A fantasia de R%24 60 mil não chamou mais atenção que o corpão de Evelyn Bastos. A musa desfilou à frente da bateria da MangueiraAndré Mourão / Agência O Dia

Elas são personagens muito esperados a cada desfile. As roupas que vão usar são sempre surpresa. E quanto mais ousadas forem suas fantasias, melhor para o desempenho da escola. A já consagrada Sabrina Sato, rainha da bateria da Vila Isabel, usou poucas peças de metal dourado para dar mais brilho ao seu corpo espetacular. “É o meu sexto ano de desfile na Vila. Vamos ganhar o título este ano”, aposta a famosa ‘Japa’, como é chamada carinhosamente pelos muitos fãs.

GALERIA: As rainhas de bateria que deram um show na Avenida

Bumbuns de fora, pernas torneadas e belos seios não valem pontos na corrida pelo título do Carnaval carioca. Mas, a cada musa que passa pelo Sambódromo saudando as arquibancadas, o público devolve maior vibração. Isso aconteceu várias vezes na Avenida