Por gabriela.mattos
Torcedores da Mangueira comemoram título em bares da Zona NorteCarolina Moura / Agência O Dia

Rio - Vestidos com as camisas de suas escolas do coração, os clientes dos diversos estabelecimentos gastronômicos da Zona Norte se reuniram para acompanhar a apuração e celebrar a agremiação campeã. Entre chopps e petiscos, não faltou ansiedade no público que aguardou o resultado de frente às televisões espalhadas nos bares. Com a sensação térmica de 50º C, o ar condicionado foi a melhor opção para assistir a votação sem passar sufoco.

Era notório a empolgação dos mangueirenses a cada nota que os jurados lançavam. "Meu coração é Mangueira. O enredo foi o que mais me contagiou no desfile", disse Cida Aparecida, de 47 anos, apaixonada pela sua escola e pela cantora Maria Bethânia que brilhou com sua participação na avenida. "Nós íamos assistir a apuração no sambódromo, mas estava muito quente", completou. Lilian Baloti, de 54 anos, afirmou que se emocionou com a bateria da escola. "Foi tudo lindo. Meu coração é verde e rosa", acrescentou.

Larissa Côrtes, de 21 anos, não escondeu a euforia quando a cor de rosa foi anunciada como Campeã. "Meu coração bateu forte. Sempre fui desde pequena Mangueira", disse ela que assistiu a apuração em casa. "Minha mãe é Beija-Flor, foi uma ansiedade, uma luta aqui dentro, mas venceu quem mereceu: minha Mangueira", concluiu ela.

Reportagem da estagiária Carolina Moura
Você pode gostar