Por luis.araujo

Rio - A Unidos de Vila Isabel entrou em acordo, na tarde desta terça-feira, com o fornecedor Jaime Bernardino Ferreira de Albuquerque, mais conhecido como Jaiminho, que estava acionando a escola na Justiça, obrigando a agremiação a paralisar suas atividades relacionadas ao Carnaval 2017.

Levi Junior confirmou a retomada das atividadesMárcio Mercante / Agência O Dia

Com isso, o presidente Levi Júnior decidiu retomar os trabalhos na quadra e no barracão. Conforme antecipado pelo DIA, a final de samba-enredo da escola, antes marcada para o dia 7 de outubro, a partir das 22h, está confirmada para o mesmo dia e horário.

Problema com fornecedor

Na última sexta-feira, a Vila Isabel divulgou uma nota cancelando todos os eventos relativos ao carnaval. Foram suspensas a semifinal de samba-enredo e a final do concurso da segunda porta-bandeira. Os 160 funcionários que trabalham no barracão da escola, na Cidade do Samba, e também na quadra, foram dispensados até que tudo seja resolvido.

Atividades no barracão será retomadas nesta quarta-feiraMárcio Mercante / Agência O Dia

Em entrevista coletiva, o presidente da Vila, Levi Junior, confirmou que a escola não têm condições de pagar a dívida e ainda arcar com os custos de um Carnaval. Segundo ele, o fornecedor, que é benemérito da escola, fez um acordo para pagamento de sete parcelas de R$ 185 mil, mas com o que a escola arrecada, além de outros compromissos trabalhistas, é inviável honrar a dívida nos termos do acordo.

A Unidos de Vila Isabel será a quarta escola a desfilar no domingo de carnaval com enredo que abordará a influência africana na música brasileira. O tema será desenvolvido pelo carnavalesco Alex de Souza.

Lei na íntegra a nota oficial da Vila Isabel:

No novo termo, a agremiação se responsabiliza a pagar R$ 1.500.000,00 da seguinte forma: parcela mensal no valor de R$ 10.000,00, sendo que 50% desse valor será devido a titulo de juros e 50% será abatido do saldo total; a escola se compromete ainda a pagar o valor restante com o saldo liquido de toda e qualquer futura cota de patrocínio que obtiver nos próximos anos, incluindo cervejarias, parceiros de lei de incentivo fiscal, enredo, dentre outras (excluindo-se destas verbas as cotas de televisão, subvenção municipal, estadual ou federal, e Liesa).

Reiteramos o comprometimento em cumprir uma gestão saudável financeiramente e transparente diante dos componentes, torcedores e opinião pública. Aproveitamos para informar que a final de samba-enredo da escola, antes marcada para o dia 07 de outubro, a partir das 22h, está confirmada para o mesmo dia e horário. A diretoria da agremiação agradece a todas as demonstrações de carinho manifestadas por torcedores e admiradores.

Reportagem de Luis Araujo

Você pode gostar