Pré-Carnaval deve levar quase 200 mil às ruas atrás dos blocos

Ao todo, 43 vão desfilar neste fim de semana. Como o tradicional Imprensa que eu Gamo

Por O Dia

Rio - Já vai longe o tempo em que o Imprensa que eu Gamo era um dos primeiros blocos a desfilar na cidade, abrindo oficialmente a folia, sempre duas semanas antes do Carnaval. Com a explosão dos blocos nos últimos 20 anos, o Imprensa, que reunia praticamente só jornalistas, cresceu, hoje junta mais de 15 mil pessoas de todas as “tribos” e se mistura à grande variedade de blocos, temáticos ou não, que se multiplicam pelas ruas do Rio. Na cidade que respira Carnaval há pelo menos três semanas, o clima esquenta ainda mais hoje e amanhã. A previsão da Riotur é que 43 blocos arrastem quase 200 mil pessoas pelas ruas da Zona Sul à Zona Norte.

Primeiro integrante da Sebastiana (Associação Independente de Blocos de Carnaval de Rua da Zona Sul, Santa Teresa e Centro da Cidade do Rio) a desfilar este ano, o Imprensa se concentra a partir das 13h no Mercadinho São José, em Laranjeiras. Outros tradicionais blocos vão animar os foliões hoje, como a gigante Banda de Ipanema, além de blocos como Desliga da Justiça, Spanta Neném, Seu Kuka, Cordão da Prata Preta, Fala Meu Louro e Vira Lata. Já o Blocasso cancelou seu desfile. Domingo tem Me Esquece, Volta Alice, Chame Gente, Foliões do Rio, Tira a Roupa, Neném e Calma Calma Sua Piranha, entre outros.

Mais de 15 mil pessoas são esperadas para o 22º desfile do Imprensa que eu Gamo hoje%2C em LaranjeirasArquivo O Dia

Também ontem, a Riotur divulgou que o desfile dos tradicionais blocos de embalo, como Cacique de Ramos, Aymoré da Penha, Boêmios de Irajá, Pagodão de Madureira e Bafo da Onça, deixarão a Avenida Graça Aranha, onde desfilaram nos dois últimos carnavais, e vão se apresentar na Avenida Chile, no Centro. O local também recebe os desfiles dos blocos de enredo, cujo vencedor se transforma em escola de samba e, no ano seguinte, segue para o grupo que se exibe na Estrada Intendente Magalhães, em Campinho. A mudança é provocada pela passagem do VLT, que transformou parte da Avenida Rio Branco em um boulevard.

A prefeitura instalou 766 banheiros químicos e três contêineres para os desfiles dos blocos deste fim de semana. O sistema de limpeza da Comlurb contará com até 1.100 garis por dia, 90 sopradores, 20 vaporizadores, além de 50 veículos. Os agentes do Programa Lixo Zero também estarão nas ruas. A multa é de R$ 548 para quem fizer xixi e de R$ 200 para descarte de lixo.