Carnaval já toma conta da cidade do Rio

Até domingo estão previstos 578 desfiles oficiais de blocos de carnaval na cidade

Por O Dia

Rio - Sem aulas na maioria das escolas da cidade e com ponto facultativo nos órgãos da prefeitura nesta sexta-feira, o carnaval já toma conta da cidade do Rio de Janeiro, com pelo menos 20 blocos desfilando até de noite.

Bloco Carmelitas desfila nesta sexta e na próxima terça-feiraReprodução Internet/ Foto de arquivo

O principal bloco desta véspera de carnaval é o tradicional Carmelitas, que sai em Santa Teresa, no centro. Com previsão de reunir 10 mil pessoas, o samba deste ano é Mãos ao Alto! 20 Reais é um Assalto, em referência ao preço cobrado pela passagem do bondinho, ícone do bairro. A letra também traz críticas aos governos estadual e federal, citando o atraso no pagamento dos servidores e as mudanças propostas para a Previdência. O Carmelitas volta a desfilar na terça-feira (28).

Também no centro, o Dragões da Riachuelo desfila no Bairro de Fátima e o Bloco dos Aposentados anima o Buraco do Lume, mesmo local do Vestiu uma Camisinha Listrada e Saiu por Aí e Embaixadores da Folia. Na Cinelândia, o Bloco Popular Fora, Temer promete fazer um protesto político irreverente reunindo coletivos culturais, movimentos sociais, de mulheres, negros e LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros).

O Bloco Sem Rival promove concurso de fantasia entre os foliões que comparecerem ao Teatro Rival, também na região da Cinelândia.

Na zona oeste, o bloco Meia Dúzia de Gatos Pingados anima Bangu, enquanto o Eu Sou Normal, mas o Coco é Loko sai na Barra da Tijuca e o Bloco das Piranhas do Jefinho, em Pedra de Guaratiba. Na Grande Tijuca, o Grajaú recebe, no fim da tarde, o Cata Latas do Grajaú e a folia continua com a Turma dos 300. A Banda do Jiló anima a Rua Pinto de Figueiredo, na Tijuca.

A folia na zona norte hoje é com os blocos Pode Vir que Tem, no Engenho Novo, É o Bicho da Folia, no Irajá, Unidos do Chapadão, em Ramos, e o Bloco do Rock, na Ilha do Governador. Na zona sul, o bloco Senta que Eu Empurro, de deficientes físicos, desfila no Catete, a Banda do Lido, em Copacaban,a e o Rola Preguiçosa, em Ipanema. A zona portuária, berço do samba, recebe o bloco Escorrega mais não cai, na Praça da Harmonia.

Até domingo estão previstos 578 desfiles oficiais de blocos de carnaval na cidade. O primeiro bloco desfilou no dia 22 de janeiro.