Rainha da União da Ilha nega que tenha pago pelo posto

Tania Oliveira também faz mistério sobre sua fantasia. 'Venho com decote até o umbigo', diz ex-panicat

Por O Dia

Tania OliveiraDivulgação

Rio - Quem me conhece sabe que é mentira!’, rebate a ex-panicat Tania Oliveira, rainha de bateria da União da Ilha do Governador — primeira escola a entrar hoje, às 22h, na Sapucaí — sobre o boato de que teria pago para desfilar na agremiação. “A Prudence é uma marca que me patrocina e pagou 100% da minha fantasia em São Paulo e 50% na minha do Rio. O resto saiu do meu próprio bolso. Inicialmente, era para eu ser musa, mas o presidente da escola disse que não tinha rainha e me convidou”, esclarece.

PAULISTA

Natural de São Caetano do Sul, em São Paulo, Tania tem 38 anos, é casada, sem filhos (“Temos duas cachorras, mas queremos filhos no futuro”) e enfrenta com bom humor a onda de rumores. Ela afirma que as mentiras não lhe trouxeram nada de positivo, mas não nega que o seu nome ficou em evidência. “Não sou conhecida no Rio, criou-se uma curiosidade”, observa.

Também pudera. A União da Ilha manteve o mistério sobre quem assumiria o posto mais cobiçado pelas amantes de Carnaval até os 45 do segundo tempo. Chegaram até a convidar Fátima Bernardes, que recusou a oferta. “Vários nomes sendo cogitados, alguém da comunidade sendo citado e aí chega uma paulista, branquela, magrinha! Quem é ela? Em São Paulo, estou há 17 anos no Carnaval, meio que cheguei no Rio de supetão”, justifica.

FANTASIA

Os integrantes da bateria e a comunidade da União da Ilha conheceram sua rainha no dia 7 de janeiro deste ano. “Em menos de dois meses, tive um contato intenso com a escola, estive presente em 90% dos ensaios”, conta ela, que já foi musa da Mocidade em 2010.

A rainha faz mistério de como será sua fantasia. A peça foi trazida ontem de carro de São Paulo porque era muito grande, e Tania tinha medo de despachar por avião. A roupa da bela representa Pérola dos Mares e foi confeccionada por Bruno Oliveira.

Tania OliveiraDivulgação

Sobre o traje, Tania adianta: “Venho com um decote até o umbigo. De resto, está tudo coberto. Tem uma mistura de materiais e não leva penas. Só posso falar isso. Senão, levo bronca. É uma fantasia diferente. Vai ser show”, entrega, aos risos.

Ainda hoje, depois do almoço, ela começa a se arrumar. Como sua escola é a primeira a desfilar, Tania vai para a concentração por volta das 19h30. “Acho que não vou conseguir dormir. Vai ser na base do café, energético e boa alimentação. Depois do Carnaval, descanso”, promete.

A maratona entre São Paulo-Rio fez com que ela perdesse sete quilos (está com 55 kg) e ficasse feliz com suas medidas. “Estou mais definida e com barriga sequinha”, comemora ela, que tem 1,63 m de altura, 95 cm de quadril, 89 cm de busto e 62 cm de cintura. O maridão não fica com ciúmes? “Estamos juntos há 14 anos. Ele é muito companheiro, me acompanha em todos os lugares e me apoia em tudo que faço”, derrete-se.

Depois do desfile desta noite, Tania participa de um show em que divide o palco com o Mestre Ciça, da bateria da União da Ilha, e o intérprete Ito Melodia. “Acredito que estarei destruída, mas quero é mais aproveitar e fazer esse show com eles. Depois, volto para uma pousada na Ilha do Governador para me desmontar e voltar para São Paulo a tempo de conferir a apuração das escolas de lá”, explica.

PROPOSTAS INDECENTES

Formada em Educação Física, a rainha passou quatro anos da sua vida no ‘Pânico’, na época em que era exibido na RedeTV!. Ela conta que aprendeu muito durante sua passagem pela atração e que a oportunidade lhe abriu muitas portas. “Mas rola um preconceito. Todo mundo que faz trabalho na TV com pouca roupa, e ainda posou para revista masculina, sofre preconceito, não só panicat”, desabafa. Muita gente confundia e oferecia dinheiro para sair? “Eu tinha uma assessoria que me blindava disso. Mas, sim, algumas pessoas mandavam mensagens desse tipo pelo meu site ou pelo Orkut, que era a rede social do momento”, lamenta.

Tania OliveiraDivulgação

Se ela continua como rainha no ano que vem, só o futuro dirá. No que depender da vontade de Tania, a relação com a União da Ilha está longe de acabar. “Quero continuar na Ilha, seja como rainha, musa ou destaque de carro. Eles ganharam o meu coração. Não conseguiria ficar longe. Não sei como será o próximo Carnaval, vai depender da minha parte e deles. Não importa como vai ser, só de estar com eles vou estar feliz. A União da Ilha é uma escola que todos gostam. Com muita humildade e dedicação, a Ilha vem forte para merecer o campeonato!”, torce.