Salgueiro 'carnavaliza' a vida na Sapucaí e vai brigar pelo título do Especial

Escola da Tijuca fez grande apresentação e se colocou como candidata

Por O Dia

Rio - Demorou um pouco, mas quem esteve presente na Sapucaí neste domingo pode ver uma apresentação de uma escola que vai brigar pelo título. Com belas fantasias e alegorias, somadas a um chão muito forte e um desempenho arrebatador da bateria, o Salgueiro está novamente entre as favoritas do Carnaval. Mais um belo trabalho assinado pelo casal Renato e Marcia Lage. A escola da Tijuca foi a penúltima deste primeiro dia de desfiles do Grupo Especial.

O Salgueiro entrou na Sapucaí com atraso, depois de uma das alegorias da Vila Isabel derramar óleo na Avenida. A escola da Tijuca veio com o enredo "Divina Comédia", um poema de viés épico e teológico da literatura italiana e mundial, escrito por Dante Alighieri no século XIV. Como é caracteristica da escola, o Salgueiro novamente veio com cores predominantemente quentes, principalmente no começo.

Com a grandiosidade de sempre, a escola de samba da Tijuca passou belíssima pela Sapucaí e a bateria "Furiosa" deu um show à parte. O samba-enredo foi cantado bastante pela comunidade, mas não contagiou a Sapucaí, assim com já havia acontecido no ensaio técnico.

O enredo, apesar da dificuldade, foi bem explicado na Avenida com o desfile dividido entre céu e inferno. No fim, já com cores mais frias, a escola passou sem nenhum problema de evolução e novamente estará na briga pelo título do Grupo Especial das Escolas de Samba do Rio de Janeiro.