'Não fiz demagogia no Carnaval', diz Crivella

Prefeito do Rio falou sobre ausência em eventos carnavalescos deste ano

Por O Dia

Rio - Marcelo Crivella (PRB) lançou uma nota, na tarde desta quarta-feira, afirmando que sua presença nos eventos de Carnaval deste ano seria demagogia. "Me perguntaram hoje por que não fui ao Sambódromo. Não fui porque no meu caso seria demagogia. E os malefícios da demagogia na vida pública são extensos", diz o prefeito do Rio em um trecho. 

Crivella não participou da entrega simbólica da chave da Cidade ao Rei Momo e a abertura oficial dos desfiles da Sapucaí. Foi a primeira vez, em 33 anos de Sambódromo que um prefeito não participou das cerimônias carnavalescas. 

"A demagogia é a maior calamidade da vida pública. Não fiz demagogia no Carnaval", afirmou o prefeito. Crivella ressaltou ainda que ofereceu a estrutura necessária para a festa, como o pessoal da Comlurb, os Guardas Municipais e postos de saúde.

"A demagogia é a máscara da democracia. E o povo do Rio rejeita um prefeito com máscara ainda que seja no Carnaval", conclui o prefeito.

Nesta segunda-feira, sem avisar à imprensa, Crivella visitou os feridos no acidente com o carro da Paraíso do Tuiuti e postou uma mensagem no Facebook, elogiada por seguidores.