Sócios-torcedores da Mocidade escolherão  pela Internet um dos sambas finalistas

Contribuintes terão 48 horas para votar, por e-mail. Composição mais votada vai direto para a final, que terá outras duas parcerias

Por O Dia

Rio - A Mocidade Indepedenente inovou na disputa de samba-enredo para 2018 e concedeu aos sócios-torcedores da escola o direito de voto na semifinal da escolha do hino para 2018.

Na próxima quarta-feira, quem estiver com a conta ativa no quadro de sócios-torcedores da agremiação de Padre Miguel receberá, por e-mail, um formulário para votar no samba que irá direto para final. Os sócios terão 48h para fazer a escolha. A composição mais votada estará automaticamente classificada para a grande final, que acontece dia 14 de outubro.

Quadra da Mocidade durante disputa de samba. Sócios-torcedores terão direito a votoDivulgação/Site da Mocidade Independente de Padre Miguel

Para dar legitimidade e credibilidade à escolha, os votos serão processados pela empresa que administra o programa e encaminhados sigilosamente para a presidência.

Segundo o vice-presidente da Mocidade, Rodrigo Pacheco, essa é mais uma mostra do espírito de união que vem tomando conta da agremiação Verde e Branca desde o processo de resgate da escola, que culminou com o título do Carnaval de 2017, dividido com a Portela. "A Mocidade tem torcedores fiéis espalhados em todo o país que acompanham o ano inteiro cada ação que fazemos na escola. Os sócios torcedores acreditaram no programa e há dois anos tem contribuído conosco. Nossa obrigação é ouvir a todos para chegarmos à melhor escolha", afirmou Pacheco.

Para a final de samba, a Mocidade abrirá votação eletrônica para os membros das alas de comunidade e segmentos opinarem.

Atualmente, sete composições estão na disputa para falar sobre à Índia, com o enredo ''A Estrela que habita saúda a que há em você'' , de Alexandre Louzada. A Mocidade será a sétima escola a desfilar no domingo.

Sambas na disputa

- Jefinho Rodrigues, Ribeirinho, Marquinho Índio, Adilson Alves, Roni Pit Stop e Jonas Marques

- Diego Nicolau, Gabriel Teixeira, Richard Valença, Carlinhos, Orlando Ambrosio, Rafael Miranda, Marcelo Moreno e Cabeça do Ajax

- Beto Correa, Dico da Viola, Mauro Dias, Rogerinho, Léo Dias, Bruno da Marinha, Sidiclei e Enilson

- André Baiacú, Fabiano Alcântara, Vinícius Sombra, Henrique Pirulito, Márcio Silva e MarlonP

- Altay Veloso, Paulo César Feital, Zé Glória, J.Giovanni, Denilson do Rozário, Carlinhos da Chácara, Alex Saraiça

- Domenil, Fábio Borges, Gulle, Cel. Jairo, Helinho, Márcio SP, Toninho do Trailer e Dr. Márcio

- Ricardo Simpatia, Eduardo Educa, Celso Duarte, R.Campos