Natália do Valle, que fará mãe de Julia Lemmertz, jura que não é tão bela assim

Na próxima novela das 21h, ‘Em Família’, a atriz será Chica, mãe da protagonista Helena, personagem de Julia, que é apenas dez anos mais jovem que ela, na vida real

Por O Dia

Rio - É só Natália do Valle entrar em cena que comentários do tipo “nossa, ela continua linda” ou “ela não envelhece nunca” começam a surgir. Não é para menos. Prestes a completar 61 anos em março, Natália continua recebendo elogios dos homens e causando inveja nas mulheres. Na próxima novela das 21h, ‘Em Família’, que estreia dia 3, a atriz será Chica, mãe da protagonista Helena (Julia Lemmertz), na terceira fase da trama, mas terá um desafio diferente: convencer o público de que as duas são realmente mãe e filha, já que Júlia, na vida real, é apenas dez anos mais jovem que Natália. 

Natália do Valle será Chica, mãe da protagonista Helena (Julia Lemmertz), na terceira fase da trama de ‘Em Família’, nova novela de Manoel Carlos, que estreia semana que vemDivulgação


“Sempre tive esse desejo de fazer a mãe da Julia em alguma novela. Eu e a mãe dela (Lilian Lemmertz) éramos muito amigas e fiz a filha dela em ‘Final Feliz’, em 1982. Agora, vou poder realizar esse desejo. Espero que o público goste”, diz Natália.

Também é a primeira vez que a atriz viverá uma avó na teledramaturgia, motivo suficiente para ela comemorar. Longe da ficção, Natália não teve filhos. “Ser avó é uma coisa inédita para mim. Tem esse sentimento que estou descobrindo, da pessoa que se preocupa com todo mundo, que agrega, une. Ela é a matriarca da família”, analisa.

“Não tive competência para ter filhos na vida real, vou ver se tenho aqui”, brinca ela, e, logo depois, explica que o fato de não ter tido filhos não foi algo planejado. “Foram as circunstâncias. Não foi uma opção. Sempre trabalhei muito, e a nossa carreira é difícil. Aí passou o tempo e foi, não tive.”

Durante a entrevista, Natália bem que tentou fugir do assunto beleza, mas não teve jeito. De uma forma bem-humorada, ela mostrou que não se acha ‘tudo isso’ que dizem. “São 30 anos mentindo para o telespectador. Eu sou uma ficção. Se bobear, eu nem estou aqui falando com você”, diverte-se ela, jurando que são os profissionais da maquiagem e da técnica que fazem milagres.

“Vejo muita gente mais bem cuidada que eu. Mas me exercito, também sou muito alegre, faço piada de mim mesma, herdei isso do meu pai. Acho que isso ajuda muito. Não sou de me preocupar muito com a beleza, tenho medo é de perder a saúde e a sanidade”, avalia ela, que, atualmente, anda feliz da vida por reencontrar grandes parceiros de sua carreira no próximo trabalho.

“Na primeira reunião de elenco que eu e Júlia fizemos juntas, ela veio conversar comigo e disse que queria me entregar algo. Aí, me deu uma pulseira que era da Lilian, que resolvi colocar no figurino da minha personagem e vou usar a novela inteira. Não posso nem falar muito, porque tenho vontade de chorar”, diz ela, exibindo o acessório dourado no pulso.

E se Manoel Carlos foi o responsável pela estreia de Natália na TV, em ‘Água Viva’, 1981, a atriz agora se sente orgulhosa de poder encerrar o ciclo de novelas do autor. “Ele diz que é a última. Uma pena. Já fizemos grandes trabalhos juntos.”

Últimas de Celebridades