'Fumei maconha e me fez muito mal', revela Serginho Groisman

Em entrevista à revista 'Quem', o apresentador falou sobre drogas, filhos e assédio

Por O Dia

Rio - O apresentador Serginho Groisman deixou a descrição de lado e falou sobre drogas, filhos e assédio à revista "Quem". Na entrevista, o famoso revelou já experimentou maconha quando era adolescente. "Fumei duas vezes bem fumadas e me fez muito mal. Lutei contra o prazer que a maconha poderia estar me trazendo, achava que não estava no controle, não me entreguei. Bebi durante um tempo, mas passava mal, hoje não bebo nada", disse.

Serginho Groisman AgNews

O global também falou sobre o desejo de ter filhos com a mulher, Fernanda Molina, com quem é casado há 8 anos. "Ainda não aconteceu de termos filhos, mas é uma coisa que a gente quer. Dizer que estamos trabalhando nisso é indiscreto, mas temos planos", contou.

Sobre o assédio, o apresentador do "Altas Horas" confessou que não curte badalação e prefere optar por ser mais discreto. "É uma opção nossa. Eu e a Fernanda temos uma tranquilidade muito grande em relação a isso, não temos necessidade de aparecer. Acredito, mesmo, que meu trabalho é público e a vida é privada. E não falo isso por medo, porque vou ao mercado sozinho, não deixo de ir aos lugares", explicou.

À publicação, Serginho também contou qual o segredo para fazer um bom trabalho junto ao público jovem. "Primeiro, é não se comportar como eles. Nunca quis ter uma vida social de adolescente. Se você reparar, valorizo a plateia e adoto uma postura invisível. Numa discussão sobre drogas ou sobre aborto, não me posiciono. Parto do pressuposto de que o público é suficientemente maduro para tirar suas próprias conclusões", opinou.




Últimas de Celebridades