Mulher de ex-Menudo diz que casal depositou R$ 42 mil para evitar prisão

Patrícia Rosselló, atual de Roy, fala da relação dele com a ex e a filha e das dificuldades de pagar a pensão alimentícia

Por O Dia

Rio - Patricia Rosselló, atual mulher de Roy Rosselló, falou sobre a detenção do marido, nesta quinta-feira. O ex-Menudo e peão do reality show "A Fazenda", da Record, deixou o confinamento para prestar depoimento em uma delegacia de Itu, no interior de São Paulo. O peão é processado pela filha por não arcar corretamente com o pagamento da pensão alimentícia.

LEIA MAIS: Ex-menudo Roy é retirado de 'A Fazenda' e levado para a delegacia

Roy Rosello foi detido na manhã desta quinta-feiraDivulgação

Em entrevista ao "Programa da Tarde", Patricia defendeu Roy. "Depositamos ontem R$42 mil para tentar evitar a prisão. A mãe (Mirela, ex-mulher de Roy e mãe da filha do peão) não o deixa ver a menina e não quer conversa. Não tem relação porque ela não quer contato nenhum. Ele tem muita saudade e eu já o vi chorando várias vezes".

Desempregado

"Ele pagou durante um tempo a pensão mas teve algumas dificuldades com ela (a ex-mulher). Ela pedia mil reais mas tomou o emprego dele, que era o restaurante (na Bahia). Ele estava desempregado e em uma situação muito complicada", disse Patricia, que mora em Las Vegas, nos Estados Unidos, onde Roy trabalhava como instalador e vendedor de antenas de TV paga. "(Nos Estados Unidos) temos uma vida simples mas não passamos dificuldades".

Risco

Ainda de acordo com Patricia, o risco de ter de deixar o reality show por causa desse problema era sabido. "Mas tínhamos esperança que isso pudesse ser resolvido amigavelmente".

'Estou sendo presto injustamente'

A caminho da delegacia, Roy concedeu uma entrevista ao programa "Balanço Geral". "Sempre ajudei quando eu pude. Já tinha conversado com ela e nós iríamos resolver essa situação. Estou sendo preso injustamente. É um choque muito grande. Que seja feita a vontade de Deus, é só isso o que importa", disse.

Últimas de Celebridades