Belo lança CD que é sucesso de crítica e anuncia que está na melhor fase da vida

Em entrevista, cantor fala ainda sobre período de crise longe dos palcos

Por O Dia

Rio - Ele passa por um belo momento na vida pessoal após notícias de que estaria com Síndrome do Pânico e do afastamento de quase um mês dos palcos. “Estou na melhor fase da vida. E sei que é difícil falar que um filho seu é o mais bonito, mas eu digo mesmo que esse meu novo disco é o melhor da minha carreira”, comemora Marcelo Pires Vieira, o cantor Belo. 

Belo com seu cachorro BruceMaíra Coelho / Agência O Dia


O disco ao qual se refere é ‘Mistério’, que acaba de lançar e que arrancou elogios da crítica por trazer um direcionamento menos pagodeiro e mais próximo do que convencionou-se chamar de MPB. Contrariando o título, ele revela que seu próximo CD será ainda mais inusitado, de releituras de sucessos do rock nacional, e não faz qualquer suspense nem quando perguntado sobre assuntos delicados. Mesmo com a recomendação de seus assessores para que tais tópicos não sejam abordados na entrevista, Belo faz questão de comentar a passagem pela prisão e falar de sua ex Viviane Araújo, que também vive um momento especial na carreira, no ar na novela ‘Império’ como a manicure Naná, no horário nobre da Globo. “Parabéns a ela, fico muito feliz. Ela está fazendo esse sucesso porque ela plantou isso, e é merecedora do que está colhendo”, diz.

Mas é da atual, a modelo Gracyanne Barbosa, que ele não para de falar, enquanto anda entusiasmado pelas varandas e pelos grandes cômodos da baita casa com piscina e seis cachorros, incluindo o buldogue francês Bruce, de 1 ano, conhecido como o terror do condomínio fechado na Barra da Tijuca, onde mora há cinco anos:

“Nesta sala, que mandei construir faz um ano e que ainda está terminando uma obrinha ali, no ar condicionado, eu adoro ver filmes e fiz um cinema particular. Inicialmente, era para jogar Playstation, porque também gosto muito, mas acabou virando um espaço para ver filmes. Coloquei um isolamento acústico e falei para minha mulher que dava até para gravar meu disco aqui. Mas ela vetou, disse que não ia deixar eu trazer o trabalho para dentro de casa”, conta Belo, mostrando o espaço de 15 metros quadrados com um telão de alta resolução de 2 x 3,5 metros e um supersom surround 7.1 (que ele já quer trocar pelo mais moderno 9.1). “Minha esposa tem sido primordial neste momento: além de ter me inspirado bastante para o disco novo, ela me bota na dieta, na academia, perdi 20 quilos e estou superdisposto para cair na estrada com a turnê desse disco.”

Cheio de energia, o cantor já planeja lançamentos futuros, e antecipa um projeto no mínimo curioso: “Primeiro, vai sair o DVD da turnê do ‘Mistério’, que ainda vou gravar no ano que vem, mas depois vou lançar um CD com sons de Paralamas do Sucesso, Skank e até do Roberto Carlos, da fase Jovem Guarda, coisas que eu acho importante resgatar”, ressalta. “Outro dia o Guilherme Arantes falou que quer fazer algo comigo, e que eu canto muito bem. Eu acho, sim, que me tornei uma referência de estilo para se cantar samba e pagode no Brasil. O cantor tem que ter uma identidade. Música não é só cantar afinado, tem que ter alma. Hoje, o Thiaguinho é o único que vejo com essa qualidade”, elogia.

A alegria não diminui mesmo quando o assunto é o período em que esteve preso, depois de ter sido condenado por tráfico de drogas, em 2002. “Foi um dos piores momentos da minha vida. Foi uma experiência horrível, mas hoje estou bem de novo. O que me fez segurar a onda foi que meu público nunca me abandonou. Mesmo quando fiquei impedido judicialmente de fazer shows, eu era um dos artistas mais pedidos e mais tocados nas rádios de todo o país”, destaca.

Música não entra em casa

Gracyanne não deixa entrar nada de música em casa, tanto que não há um CD à vista. A válvula de escape do marido são os games e os filmes, que curte em seu cineminha videoteca particular. “Mas eu também vou ao cinema sempre e sei muito do assunto!”, orgulha-se ele. “Agora, em casa é muito melhor, dá para dar pausa no filme se der vontade de ir ao banheiro”, diverte-se.

E começa a elencar seus títulos preferidos: “Gosto de todos os gêneros, romance, comédia, ação, e também de filmes de animação. Dos mais recentes que vi e gostei, destaco ‘Drácula’ e ‘Planeta dos Macacos’. Mas o filme que diria achar o melhor de todos os tempos é ‘Óleo de Lorenzo’, uma linda história de superação”, recomenda.

Últimas de Celebridades