Jayme Matarazzo diz que já sabe lidar com a fama

Ator também revela que encontrou a mulher da sua vida

Por O Dia

Rio - Entre, fique à vontade. Jayme Matarazzo, o Pedro de ‘Sete Vidas’, é quem convida. Sentado despojadamente em um pufe, como se estivesse na sala de casa, o ator, de 29 anos, conversou com O DIA no Projac após um dia de trabalho intenso. Sem aparentar cansaço e com uma disponibilidade surpreendente para quem tem fama de ser reservado, o filho do diretor de núcleo da novela das 18h, Jayme Monjardim, falou de amor, traição, casamento, filhos, maturidade, sucesso e, claro, sobre os tempos em que era, digamos assim, um cara fechado.

“Eu entrei nessa profissão na defensiva, por saber que estaria mais exposto por ser filho de quem sou e por uma questão de sabedoria, de querer ir com calma. Em primeiro lugar, eu não estava querendo me lançar ao sucesso, eu estava querendo aprender uma profissão. Esse era o meu desafio. Não queria me desviar, então me dei cuidados. Com isso, acharam que eu era um cara que fugia, que não queria falar. Isso aconteceu por uma questão de defesa, mas passou”, afirma.

Jayme Matarazzo diz que já sabe lidar com a fama e que encontrou a mulher da sua vida Márcio Mercante / Agência O Dia

Da estreia em ‘Maysa, Quando Fala o Coração’ (2009) — em que interpretou o próprio pai — até aqui, muita coisa aconteceu. Jayminho protagonizou novelas como ‘Escrito nas Estrelas’ (2010), ‘Cordel Encantado’ (2012) e ‘Sangue Bom’ (2013), e agora repete a dose na pele do sensível e apaixonado Pedro, da trama de Lícia Manzo. Mas, em ‘Sete Vidas’, o destino pregou peças no jovem, que viveu uma história de amor impossível com Júlia (Isabelle Drummond) enquanto acreditou que os dois eram irmãos, se envolveu com Taís (Maria Flor), teve um filho com ela, e se viu dividido entre dois amores, ou melhor, entre a paixão e a razão.

“O Pedro tem amor pela Taís, um respeito muito grande e o desejo de ser um bom pai. Já o amor que ele sente pela Júlia mora em outro lugar. Mas um grande amor só é um grande amor quando tem oportunidade de ser vivido. E isso ainda não aconteceu entre o Pedro e a Júlia”, diz o ator.

Jayminho sabe o que é ter duas mulheres na cabeça ao mesmo tempo. “Aconteceu na adolescência de ficar dividido entre duas meninas. Todo mundo passa por isso. Quando a gente começa a descobrir o amor, ainda é um sentimento que você não consegue lidar direito. Entende os comandos do coração, mas não define o que é cada coisa. A gente leva um tempo até entender o que é o amor. Hoje, eu entendo o que é o amor, o que ele é para mim e o que eu espero dele”, comenta.

E, afinal, o que é o amor? “É um sentimento bem mágico, que faz a gente aprender. Encontrar uma parceira é ter alguém que vai caminhar ao seu lado para o que der e vier, que vai estar com você nos seus momentos difíceis e nos seus momentos bons. Isso é o amor homem-mulher. E amor de verdade é por uma pessoa só”, frisa.

A ‘pessoa’ de Jayminho é a publicitária Luiza Tellechea, com quem ele já divide o mesmo teto e está junto há três anos. “A Luiza é muito especial (suspira). Ela foi criada na natureza, no interior do Rio Grande do Sul, caiu de paraquedas nesse meu mundo, venceu barreiras e quebrou preconceitos por amor a mim. Hoje em dia, ela lida muito bem com o fato de eu contracenar com mulheres lindas. Tenho certeza de que não foi fácil, de que ela se esforçou bastante para a gente chegar a esse lugar de calma, admiração pelo trabalho um do outro e de muita parceria. A Luiza é a mulher da minha vida”, declara-se.

O caminho do altar parece natural para Jayminho, que exala amor. “Nós temos o sonho de casar na natureza, no campo, na praia, em uma cerimônia pequena, só com as pessoas que a gente gosta, que seja bem em conexão com a natureza. Vai ser em breve”, adianta. Os planos do casal também incluem filhos. “Eu quero uma família grande. Venho de uma família numerosa, bonita, unida. Quero muito que essa coisa de família bata logo à minha porta. Mas eu sou um cara que respeita muito o tempo, que é sábio, dono da razão. A vida vai saber colocar um filho para a gente na hora certa”, filosofa.

Mesmo vivendo uma boa fase com Luiza, ele mantém os pés do chão e não se vê como alguém imune aos problemas da vida conjugal. “Qualquer casal tem fases difíceis. Estamos todos à mercê das curvas da vida. Mas não sou a favor da traição. Claro que não acho a traição uma coisa admirável, claro que não quero praticar isso nunca, claro que vou lutar para nunca trair, mas é claro que todos nós estamos sujeitos a isso. Não seria justo, por exemplo, condenar o Pedro por ele ter traído a Taís”, analisa ele.

“O meu relacionamento com a Luiza tem sido meu momento mais lúcido, mais sóbrio. Não preciso ir buscar nada fora de casa, porque eu tenho um amor que me satisfaz completamente. E, quando não estiver me sentindo satisfeito, tentarei, por amor, brigar para que eu consiga voltar a essa satisfação”, garante.

Desavenças no lar de Jayminho só quando ele e Luiza estão em frente ao fogão. “A gente está numa briga lá em casa para ver quem vai cozinhar. A gente assiste programa de culinária, disputa fogão, ama cozinhar. Como a Luiza não tem habilidade com carnes, eu fico com os cortes e as massas. Ela vem com a coisa mais requintada, com uns temperos diferentes ou uma culinária exótica de um país distante. A guerra lá em casa é para ver quem assume a panela”, brinca.

Além do prazer em cozinhar, o ator sabe se virar bem no que diz respeito aos outros afazeres domésticos. “Sou um bom dono de casa preguiçoso (risos). Quando a gente precisa fazer tudo sem ajuda, eu arrumo cama, armário, faço uma limpeza. Eu gosto, distrai, é terapêutico. Só não gosto de lavar louça nem roupa. Em casa, busco fazer essas coisas para me desligar dos problemas do dia a dia”, confidencia.

Apesar dos bons ventos profissionais e do romance navegar em mares cristalinos, o ator acaba de passar por um grande susto, já que seu pai foi operado recentemente para a retirada de um câncer de próstata. “Foi um momento difícil, que fez com que todos nós refletíssemos sobre a vida e como a gente lida com ela. Esse processo que ele passou foi complicado, mas muito importante para todo mundo. Esses sustinhos podem ser bons para a gente se amar mais. Fortaleceu”, garante.

Últimas de Celebridades