Fernanda Torres pede perdão por crítica ao feminismo: 'Não sou inimiga'

Atriz gerou polêmica depois de criticar movimento de mulheres e afirmar que não se incomoda com machismo

Por O Dia

Rio - Depois de receber inúmeras críticas nas redes sociais, Fernanda Torres se redimiu pelo texto que escreveu sobre o feminismo em sua coluna no jornal "Folha de S. Paulo". Nesta quarta-feira, a atriz usou o mesmo espaço para pedir desculpas às mulheres.

LEIA MAIS: Fernanda Torres critica feminismo e gera polêmica: 'A vitimização me irrita'

'Sou mulher e não gostaria de ser vista como inimiga', diz Fernanda Torres após polêmicaReprodução Internet


No novo artigo, Fernanda diz que passou os últimos dias refletindo sobre as críticas que recebeu pelo texto "Mulher". "O que me cabe são profundas desculpas. Procurarei estar atenta e comprometida com essas reivindicações. As críticas procedem, quando dizem que eu escrevi do ponto de vista de uma mulher branca de classe média. É o que sou", disse a atriz.

Depois de dizer que se irrita com a vitimização do discurso feminista, Fernanda admite que cresceu em um ambiente de extrema liberdade graças à ajuda de movimentos feministas anteriores a ela. "Sou contra o estupro, a violência, o baixo salário, o racismo, e reafirmo a importância dos movimentos que lutam pela melhoria das condições de vida da mulher e das minorias no Brasil. Sou mulher e não gostaria de ser vista como inimiga desses movimentos, e nem de vê-los como tal, porque isso não corresponde à realidade do meu sentir".

Últimas de Celebridades