Porta dos Fundos rebate pedido de boicote em novo vídeo

Atores interpretaram a si mesmos e simularam uma reunião na qual enalteciam o PT e parodiavam as críticas que receberam

Por O Dia

Rio - O Porta dos Fundos decidiu rebater a mais recente polêmica que envolveu o canal. Após publicar um vídeo chamado "Delação", a página recebeu ataques na internet, que acusaram seus integrantes de serem parciais e defenderem o governo. Foi divulgado um vídeo chamado "Reunião de Emergência 3, Delação 2", no qual os humoristas fazem piada com a situação. 

Integrantes do Porta apareceram vestidos com as cores do PTReprodução Internet

Na esquete, os atores interpretam eles mesmos, realizando um brinde em homenagem ao PT. Eles afirmam que o partido é maravilhoso e deve se manter no poder mesmo com casos de corrupção envolvendo o partido. De repente, entra o ator Antonio Tabet. "Fomos desmascarados. Já perdemos mais de um milhão de seguidores. Descobriram nosso esquema com o PT", dispara o ator. 

Fábio Porchat pergunta como o fato pode ser verdade. "Está tudo explicado em meme de Facebook, Fábio. É inegável que fizeram um excelente trabalho de investigação, farejaram todos os nossos rastros. Também pudera né? Alguém deu muita pinta, né, senhor Gregório Duvivier”, afirma Antonio, ao que Gregório responde: Não consigo disfarçar. Lula é um ladrão que roubou meu coração".  

Antonio então fala para Fábio pegar os R$ 7,5 milhões que o ex-presidente Lula os enviou por meio da Lei Rouanet. As críticas ao canal o fizeram perder um grande número de inscritos. No entanto, pouco tempo depois, uma grande quantidade deles retornou à página. 


Últimas de Celebridades