Bruna Viola capa carneiro, sabe laçar, montar e chama fãs de ‘brutaiada’ em DVD

Com mais de 1 milhão de fãs no Facebook, artista é fenômeno sertanejo da internet

Por O Dia

Bruna Viola%3A 'Bruto é a pessoa que gosta da fazenda%2C que não tem medo de bicho%2C que doma cavalo%2C que vai lá e capa um boi. Nunca capei um boi%2C mas carneiro já'Divulgação

Rio - Ela tem 1 milhão de fãs no Facebook, seu clipe da música ‘Se Você Voltar’, ao lado de César Menotti e Fabiano, já ultrapassa 700 mil visualizações no YouTube. Aos 22 anos, Bruna Villas Bôas Kamphorst, ou melhor, Bruna Viola sai do Mato Grosso para ganhar o mundo. Acaba de gravar seu primeiro DVD e, em maio, embarca para uma turnê nos Estados Unidos, passando por Orlando, Atlanta e Newark. “Sou uma das poucas mulheres que defendem a viola de raiz. O público desse estilo é fiel ao extremo”, analisa Bruna, que chama seus fãs de “brutaiada”.

“Bruto é a pessoa que gosta da fazenda, que não tem medo de bicho, que doma cavalo, que vai lá e capa um boi. Nunca capei um boi, mas carneiro já. Também não domo ainda, mas sei rédeas”, gaba-se a cantora, que teve que deixar um pouco de lado a vida rural para não se ferir e estar preparada para ser a princesa que todos desejam ver no palco. “Acabo tendo que deixar de fazer alguma coisa, porque machuca a mão e a pele. Tenho que tomar alguns cuidados”, conta.

O título de princesa não é à toa, ela já é conhecida como a sucessora de Inezita Barroso, que ganhou a alcunha de rainha da música caipira. “Eu me sinto honrada de estar nesse meio de Sergio Reis, Almir Sater, Inezita Barroso. Quero deixar meu nome associado ao estilo da viola de raiz”, deseja.

No instrumento, Bruna desliza seus dedos com tamanha leveza que não lembra nem de longe a menina rural que laça gado e capa carneiro. “Toco viola desde os 11 anos, nunca fiquei treinando horas por dia. Quando me dá vontade, eu vou lá e toco, crio algo. Gosto de criar arranjos, não sou muito boa com palavras, nunca compus, quem sabe um dia vem a inspiração”, espera.

Essa inspiração, muitas vezes, vem da fé. No camarim do Villa Country, em São Paulo, onde foi gravado o DVD, a imagem de Nossa Senhora Aparecida reina numa mesa, ao lado de sushis e sashimis, que servem para uma boquinha entre as músicas. Mas para energizar mesmo, a receita é materna. “No Mato Grosso, a gente toma um guaraná natural que sempre carrego na bolsa. E o caldo de piranha também é ótimo”, entrega Ana Mara, a inseparável mãe da artista.

A energia é gasta no palco, onde Bruna desfila as suas 20 músicas “escolhidas com muito carinho, pensando no público, porque são eles que vão cantar”. Entre elas, sete inéditas, incluindo ‘Você Não Sabe’. “Ela é uma das românticas que emocionou toda a banda. É bem forte, uma energia maravilhosa”, avalia.

Bruna Viola na fazenda em Mato GrossoDivulgação

O romance por enquanto está restrito ao palco. Focada e disciplinada, a loura de 22 anos não quer saber de namorado. “Tem até alguns fãs que são mais atirados, mas trato todos com respeito e eles me respeitam, não ultrapassam os limites. Não quero relacionamento, estou tranquila trabalhando e curtindo muito a vida”, diz a princesa para a tristeza dos sapos e príncipes de plantão. 

Últimas de Celebridades