Por roberta.campos

Rio - Na noite desta terça-feira, foi anunciada a saída de Aml Ameen do elenco de "Sense8". O ator era responsável por dar vida a um dos protagonista, Capheus, na série de ficção da Netflix. Quem entrará no seu lugar será Toby Onwumere, de "The Book of Dallas". A notícia foi divulgada pelo portal norte-americano Deadline e confirmada pelo elenco.

Relação estremecida%3A Aml Ameen e Jamie Clayton vieram ao Brasil juntos em 2015 divulgar 'Sense8' Divulgação

Os motivos que teriam levado à saída de Ameen são "diferenças criativas" e desentendimentos entre ele e a diretora/co-criadora da série, Lana Wachowski. Fontes relataram ao portal que alguns conflitos teriam começado na leitura de roteiro da segunda temporada e se agravado durante as filmagens na Índia, até que o ator preferiu se retirar.

Mas, tweets da atriz Jamie Clayton, que interpreta Nomi na série, sobre a saída de Ameen do elenco, levaram os fãs da série a acreditar na possibilidade de o ator ter sido afastado por transfobia, já que tanto Jamie, quanto as irmãs Wachowski, diretoras de "Sense8", são transsexuais.

Em seu perfil no Twitter, a atriz compartilhou a notícia e comemorou, o que gerou confusão e desconfiança entre os fãs da série. Ao interagir com seguidores na rede social, Clayton deu a entender que também teve desentendimentos com Ameen. Em resposta a um fã, que disse achar a saída do intérprete de Capheus "horrível", ela rebateu: "De verdade, não é. Ódio é horrível. Intolerância é horrível. #Sense8 é amor."

Outro seguidor comentou que a felicidade de Jamie "não faz sentido" e que Amel é "ótimo", ao que ela respondeu: "Ah, você o conhece?". O ator ainda não se manifestou sobre sua saída e nem sobre uma possível acusação de transfobia.

Confira a repercussão: 

Você pode gostar