Por karilayn.areias

Rio - Mais uma famosa sondada pelo governo de Michel Temer para assumir a Secretaria de Cultura negou o convite do presidente interino. A cantora baiana Daniela Mercury foi chamada, mas preferiu não assumir a pasta. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da cantora, que tembém informou que ela não se pronunciará sobre o caso. 

Daniela Mercury disse 'não' a TemerAgNews

Daniela já é a quinta mulher a declinar do convite de Temer. Antes dela, também foram convidadas a jornalista e apresentadora Marília Gabriela e a atriz e escritora Bruna Lombardi. Também foram chamadas a antropóloga Cláudia Leitão e a consultora de projetos culturais da FGV, Eliane Costa. 

Desde o começo de sua gestão, o presidente recebeu críticas por não haver uma única mulher na composição de seus ministérios. A extinção do Ministério da Cultura também gerou polêmica, com diversos artistas e celebridades se pronunciando sobre tema.

Você pode gostar