Protagonista de 'Matilda' se assume bissexual: 'Aprendi uma coisa sobre mim'

Mara Wilson falou sobre sua sexualidade após ataque em boate LGBT, em Orlando, que deixou 50 mortos: 'Mais do que aliada'

Por O Dia

Rio - Após o ataque à boate LGBT Pulse em Orlando, Flórida, nos Estados Unidos, Mara Wilson usou suas redes sociais no domingo para abrir o jogo sobre sua sexualidade. A protagonista de "Matilda" falou sobre ter se assumido recentemente e suas experiências em locais voltados para o público LGBT.

Mara Wilson%2C estrela de "Matilda" se assumiu bissexualReprodução/Tumblr

A atriz publicou uma foto sua aos 18 anos em uma festa LGBT, quando ainda se identificava como heterosexual. Mara seguiu com uma sequência de tuítes: "Eu sinto vergonha de olhar para isso agora. Era uma "menina hétero" onde eu não pertencia, mas preciso dizer que me senti muito bem-vinda lá." 

"Eu nunca tive uma experiência tão boa em uma festa como tive lá. Ótima música e ótimas pessoas. E um dos meus amigos conheceu seu parceiro naquela noite! Eu não estive em uma desde a faculdade, a não ser quando um amigo me levou. Eu não senti como se pertencesse lá. Mas a comunidade LGBTQ sempre me fez me sentir em casa, espeicalmente alguns anos depois, quando eu aprendi uma coisa sobre mim. Então, obrigada."

Depois de suas declarações, Mara começou a receber mensagens de pessoas LGBTQ pedindo respeito pela comunidade - a qual ela não pertencia - em um momento de luto. "Você está certa, aquele não era seu lugar e esse não é o momento de exibir o quão 'aliada' você é ou qualquer coisa assim", escreveu um, a que Mara respondeu: "Eu sou um pouco mais do que só uma aliada".

Outro ainda enviou: "Olha, a comunidade LGBT está de luto. Agora não é o momento de estar falando em nosso lugar, não importa o quão aliada você seja". O usuário também recebeu uma resposta da atriz: "Leia as entrelinhas".

Mara voltou a falar sobre o assunto na segunda-feira (13), quando respondeu a um seguidor que a perguntou se ela se identificava enquanto bissexual ou não-binária, a que ela respondeu: "Vamos colocar assim: sou um 2", disse, referindo-se à escala Kinsey de sexualidade, que define graus de atração sexual entre 0 (completamente heterosexual) e 6 (completamente homosexual).

"Eu sei que muitas pessoas não gostam da escala Kinsey e tudo bem pra mim", continuou. "Mas eu sou pragmática de coração e busco conforto em números". Ela ainda afirmou que costumava se identificar como "praticamente hétero" e apenas recentemente assumiu o rótulo de "bissexual".

Mara agradeceu ao apoio que recebeu de seus seguidores e afirmou que continua sendo completamente reservada sobre seus relacionamentos como sempre o fez.

Desde então, para evitar ataques, ela apagou seus tuítes de repostas aos usuários em que disse ser mais do que uma aliada.

Últimas de Celebridades