Após briga com cantora, irmão de Ivete Sangalo vira vendedor de cosméticos

Jesus Dias de Sangalo era empresário da artista, mas foi demitido após confusão envolvendo desfalque de dinheiro

Por O Dia

Rio - Jesus Dias de Sangalo, irmão e ex-empresário de Ivete Sangalo, participou do "Câmera Record" e falou sobre a briga com a cantora baiana. Há cinco anos, Jesus foi demitido da empresa Caco de Telha, que administrava a carreira de Ivete e trouxe celebridades como Beyoncé ao Brasil. Após a demissão, Jesus admitiu ter passado por dificuldades financeiras.

Ivete Sangalo e o irmão%2C Jesus%2C antes da brigaAg. News

"Se qualquer pessoa entrar na web, vai encontrar que eu dei um desfalque de alguns milhões reais na empresa que eu era o presidente. E eu não dei", defendeu-se. "Isso me prejudicou absurdamente. Não só profissionalmente, como psicologicamente. Foi terrível para mim. Terrível!".

Jesus também reclamou do fato de Ivete Sangalo não o ter defendido das acusações. "Existe um poder no microfone que é muito legal para sanar e acabar com dúvidas. Talvez este poder não tenha sido usado", disse. Sem nenhum contato com a irmã, atualmente ele trabalha dando palestras nas quais vende cosméticos. "Eu não estava me afastando de qualquer um. Eu estava me afastando da maior estrela do país, que ajudei a chegar onde estava", lamentou.

Ao ser questionado se sente falta da irmã, Jesus foi categórico: "Não".


Últimas de Celebridades