Após resgatar cachorros que sofriam maus-tratos, Luisa Mell diz: 'Não devolvo'

Apresentadora recebeu em dois dias 800 e-mails denunciando outros canis

Por O Dia

Rio - Mesmo sem a posse dos animais, Luisa Mell avisa: "Não devolvo esses cães, nem presa". A ativista resgatou 135 cachorros que sofriam maus-tratos em um canil clandestino de Osasco, cidade da Grande SP, na sexta-feira passada. "O lugar estava todo sujo, cheio de cocô. Me chamou a atenção um armário cheio de roupas de grife para vestir os animais na hora da venda. Um absurdo", atestou.

Luisa Mell com um dos cachorrinhos resgatadosReprodução Internet

Ela defende que está na hora de a cidade conhecer a real situação desses canis e feiras de adoção clandestinas. "Eles sequer têm registro no centro de zoonoses", disse.

Luisa recebeu em dois dias 800 e-mails denunciando outros canis. E também de pessoas querendo adotar os animais resgatados. "Estou esperando a liminar que pedi na Justiça, sem ela nada posso fazer", explicou. "Só me resta cuidar, castrar e vacinar". Com os cães resgatados, a apresentadora toma conta de 400 animais em seu instituto. "Preciso resolver a situação para achar um lar de amor para eles".

Mobilização

O ator Lucas Luco, entre outros famosos, se mobilizou com o caso. Ele entrou em contato com Luisa e, juntos, os dois criaram uma camiseta que será "vestida" e "postada" por outras personalidades nas redes sociais. A receita das vendas será revertida para o Instituto Luisa Mell.

Últimas de Celebridades