Nick Carter, dos Backstreet Boys, é acusado de estupro por cantora

Melissa Schuman, da extinta girl band Dream, relatou assédio que aconteceu em 2002

Por O Dia

Rio - Os casos de assédio e abuso sexual não param de surgir nos Estados Unidos. Dessa vez, o cantor Nick Carter, de 37 anos, integrante dos Backstreet Boys, foi acusado de ter estuprado a cantora Melissa Schuman, de 33. 

Melissa fazia parte da girl band Dream. Ela contou que o abuso sexual aconteceu em 2002, quando ela tinha 18 anos. A cantora disse que, na época, vivia um romance com Nick e foi convidada para uma reunião casual na casa dele em Santa Monica, na Califórnia. 

Nick Carter é acusado de estupro por Melissa SchumanReprodução Internet

Segundo Melissa, o cantor sugeriu que eles fossem para um dos banheiros da mansão e tentou tirar as calças dela. Ela o impediu e disse que não queria "seguir adiante", mas "ele não se importou". 

A cantora contou que recebeu sexo oral de Nick contra sua vontade e que depois o cantor exigiu que ela fizesse o mesmo por ele. "Eu fiz em você e nada mais justo que você faça em mim", teria dito o Backstreet Boy, segundo Melissa.

"Eu me senti assustada e encurralada. Ele estava visivelmente nervoso e impaciente comigo. Eu não conseguia ir embora. Então, ele colocou a minha mão no pênis dele. Meu pensamento foi que a única forma de eu conseguir sair dali seria terminar o que ele começou. Foi quando me vi ali, fazendo algo que me deixou com nojo. Me vi sendo abusada, forçada a um ato contra minha vontade", completou. 

A cantora disse que depois Nick Carter a levou até o quarto. Ela disse que era virgem e gostaria de se guardar para o casamento, mas o cantor a ignorou. "Eu poderia ser seu marido", ele disse. "Estava feito. A única coisa que eu tinha mantido como uma virtude tinha sido arruinada. Fiquei mole, virei minha cabeça para o lado e decidi que eu ia dormir. Eu queria acreditar que estava dentro de um pesadelo", afirmou Melissa. 


Últimas de Celebridades