Série de TV por assinatura fala sobre objetos voadores não identificados

‘Contato Extraterrestre’ traz histórias captadas em mais de 40 cidades em sete países da América Latina

Por O Dia

Cidade do México - Eles estão entre nós. Se são de outro planeta, não se sabe: a única certeza é que são objetos voadores não identificados (ovnis) vistos por muitos, mas por ninguém explicados. Essa é a resposta que os produtores da série ‘Contato Extraterrestre’ obtiveram durante as gravações dos dez episódios. O primeiro deles estreia amanhã, no canal por assinatura History Channel, às 22h, e vai expor segredos militares. Mas as histórias não param por aí e seguem em outros episódios, com depoimentos de pessoas que presenciaram os fenômenos, de pilotos que atacaram os objetos e de câmeras amadores que registraram as aparições. 

O litoral paulista foi um dos locais onde a equipe da série de TV encontrou registros de aparições de ovnisDivulgação


“Fomos a mais de 40 cidades em sete países da América Latina. No Brasil, o litoral paulista, Curitiba e Minas Gerais são as áreas onde mais aparecem esses ovnis. Garimpamos muitas histórias e diria que 5% dos casos realmente não tinham nenhuma explicação”, conta Jorge Luis Suksorf, o produtor executivo da série.

Foram mais de 130 entrevistas com profissionais de diversas áreas, como astrônomos, físicos, militares, controladores aéreos, pescadores e investigadores desses fenômenos para provar de maneira séria que eles existem. “Estão no ar, às vezes não são captados por radares, e representam um sério risco para os aviões”, diz Suksorf.

Para o comandante peruano Julio Cesar Chamorro Flores, a maior prova de que esses objetos existem é que os governos de vários países criaram centros de pesquisa para estudá-los. “A força aérea do Peru montou um escritório de observação depois que um avião militar bombardeou um ovni”, garante o comandante.

A escolha de países da América Latina para pesquisar esses fenômenos não se dá apenas por conta da aparição constante de ovnis nessa região. “A cultura latina, de todo o continente, tem muito de paranormal”, explica Suksorf, que, depois de registrar tantos relatos, enfatiza: “Ainda ficaram muitas perguntas e dúvidas. A única certeza é que os ovnis existem”.

Últimas de Televisão