'Amor à Vida': César deixa parte do hospital para Aline

A partir daí, Pilar, Félix e Paloma não serão mais majoritários e terão que conviver com a amante do médico

Por O Dia

Rio - Apesar de se envergonhar da homossexualidade de Félix (Mateus Solano), tanto que armou o casamento dele com Edith (Bárbara Paz) para que os amigos não desconfiassem de nada, César (Antônio Fagundes) já deu a questão como encerrada há anos. Na verdade, o que vai causar grande impacto — e a morte do dono do hospital San Magno em ‘Amor à Vida’, por volta do capítulo 80 — será a descoberta pelo pai dos golpes do filho. O confronto entre os dois, previsto na sinopse original da novela, será tão intenso que César vai ter um ataque cardíaco e não resistirá. 

'Amor à Vida'%3A César deixa parte do hospital para AlineReprodução


Com a morte de César, o romance com Aline (Vanessa Giácomo) virá a público. No testamento, ele deixará parte do hospital para a amante e para o filho que teve com ela. A partir daí, Pilar (Susana Vieira), Félix e Paloma (Paolla Oliveira) não serão mais majoritários no hospital.

Sem saída, Pilar volta a exercer a medicina e se torna chefe do conselho do hospital. Mas será obrigada a trabalhar com Aline, que participará da administração. Ambas se odiarão, mas compartilharão a afeição pelo homem que se foi.

Últimas de Televisão