'Joia Rara': Um Romeu e Julieta com toque de espiritualidade

Da paixão do milionário Franz pela operária Amélia nasce Pérola, uma criança que pode ser a reencarnação de um líder budista

Por O Dia

Rio - O ano é 1934. Durante uma escalada nos Himalaias, o rancoroso Manfred (Carmo Dalla Vecchia) sabota o equipamento do seu meio-irmão Franz (Bruno Gagliasso), que despenca da montanha. Pouco depois, uma avalanche. A tragédia só não é maior porque Franz, desacordado, é encontrado por um monge e levado para um mosteiro budista. A cena faz parte do primeiro capítulo de ‘Joia Rara’, novela das 18h que estreia hoje, na Globo.

A trama é uma história de amor e espiritualidade. Da paixão do milionário Franz pela operária Amélia (Bianca Bin) nasce Pérola (Mel Maia), uma criança que pode ser a reencarnação de um líder budista. “É um Romeu e Julieta mesmo. As famílias deles têm visões de mundo diferentes, e Pérola chega para harmonizar”, diz Duca Rachid, que assina a novela com Thelma Guedes.

Da paixão do milionário Franz pela operária Amélia nasce Pérola%2C uma criança que pode ser a reencarnação de um líder budistaDivulgação




Últimas de Televisão