Protagonista, Thiago Rodrigues diz: 'Ibope não é minha função'

Ator afirmou que não se preocupa com audiência e não sente responsabilidade maior pelo papel de maior destaque

Por O Dia

Rio - A palavra “aposta” apareceu diversas vezes durante a coletiva de “Além do Horizonte”, a nova novela das 19h da Globo, e saiu da boca de várias pessoas. Como não estreou, ainda paira a dúvida se a tal aposta vai pender para o lado positivo ou negativo da audiência. Independente disso, Thiago Rodrigues , o protagonista da história, garantiu que essa não é, nem de longe, sua principal preocupação.

“A minha função, como ator, já me obriga a pensar em tanta coisa. Eu tenho que encontrar uma verdade no personagem. Essa questão de audiência, de sucesso da trama, cai mais para a direção. A gente está aqui para se divertir e encontrar um caminho possível para a trama”, disse o ator ao iG durante o encontro no Projac, nesta terça-feira.

Thiago Rodrigues e Flávia Alessandra durante divulgação da nova novelaAg. News

Como um dos fios condutores da história dos novatos Marcos Bernstein e Carlos Gregório , Thiago declarou que não sente responsabilidade a mais caso as críticas sejam negativas: “Isso nunca foi uma preocupação minha. Se eu começar a pensar nisso, eu vou pedir para ganhar mais, né? Porque é uma função que não é a minha esse negócio de controlar ibope e etc. A crítica é diferente. Hoje em dia eu vejo que a crítica é superficial e parte de um princípio que é para pejorar e pichar um pouco. Não se olha com o carinho que a coisa merece. Mas, faz parte”.

Na novela, Thiago vive o estudante de História William, um cara do bem, nascido no subúrbio carioca e que vai se envolver com Lili ( Juliana Paiva ). O trio que forma a espinha dorsal da novela se completa com Vinicius Tardio , que interpreta o jovem Rafa. Os três, além dos demais personagens, estão em busca de uma única coisa: felicidade plena. Para isso, muita aventura - com direito a sociedade secreta e tudo mais! - promete entreter o espectador.

Para Thiago, a temática é algo geral e comum de qualquer pessoa. “Todo mundo quer ser feliz, quer melhorar de vida, encontrar um amor, ver seus parentes e amigos bem. É uma linha que todo mundo segue na vida, né? Senão, pode pedir pra sair (riso). Eu busco estar sempre em harmonia com as coisas que acredito, ser sincero com minha família, amigos, com meu filho. Minha felicidade simplesmente é isso”, contou.

Ainda na coletiva, o ator contou que a novela pode fazer com que as pessoas repensem sobre o que realmente tem valor na vida: “Hoje em dia a gente está em uma fase de seguidores. É no Facebook, no Twitter, no Instagram… As pessoas estão buscando cada vez mais seguidores. Às vezes a pessoa tem sei lá quantos mil seguidores e isso tem um valor! É uma coisa que eu não consigo entender direito. As pessoas deveriam apenas seguir a elas mesmas, aos seus sonhos, desejos, a própria verdade e liberdade para fazer as próprias escolhas”.

Frescor dos novos atores

Para quem não se lembra, Thiago protagonizou “Malhação” em 2005 e já pulou para “Páginas da Vida”, em 2006, também como o protagonista, o jovem Léo. “Naquele momento, por ainda ser imaturo com relação ao trabalho, eu senti uma lombada maior. Mas hoje em dia, ainda mais com o Gustavo (Fernandez) na direção, eu não tenho condição de me sentir protagonista. Eu me sinto mais um”, garantiu.

A troca com Juliana e Vinicius, além de outros nomes novos do elenco, também enriquece o “veterano”. “A Ju tem um temperamento incrível para uma atriz. Ela é nova, mas tem experiência, está sempre trabalhando e é uma menina muito interessada. O Vinícius também é novo, mas com um carisma incrível, de coração aberto. Esse frescor de quem está começando a buscar as coisas, para os atores que já estão na estrada há mais tempo, é ótimo. Às vezes a gente se acomoda e volta a acordar ao ver esses novos talentos”, afirmou.

Reportagem: Nina Ramos

Últimas de Televisão