Por tamyres.matos

Rio - Juliana Paiva jura de pés juntos que não sente — nem sentiu — o peso da função de protagonista de novela. “É que não deu tempo”, esclarece ela. Vinte dias após se despedir da personagem Fatinha, de ‘Malhação’, a atriz já estava respondendo como Lili, a mocinha de ‘Além do Horizonte’, trama das 19h de Marcos Bernstein e Carlos Gregório, que estreia dia 4.

“Na verdade, saiu na mídia antes de eu ter a resposta. Aí, esperei. Se fosse aquilo mesmo, falariam comigo. Mas não encaro como protagonista. É um desafio, um novo trabalho que está começando, assim como foi com a Fatinha”, simplifica Juliana, que afirma não ter sido difícil entrar no universo de Lili, apesar do pouco tempo de descanso entre uma personagem e outra. “São temperaturas diferentes: a Fatinha tinha 18 anos, era mais moleca e exibia um sorriso mais frouxo. A Lili tem 22 anos e passa por situações que fazem ela amadurecer mais rápido. Isso me ajudou muito”, avalia.

Thiago Rodrigues%2C Juliana Paiva%2C Vinicius Tardio e Christiana UbachDivulgação

Para Juliana, ‘Malhação’ foi uma grande escola. “Muita gente começa por ‘Malhação’. Comigo foi um pouco diferente. Fiz ‘Ti-ti-ti’ (2011) e só depois fui convidada para viver a Fatinha. Hoje, posso dizer que me sinto muito mais firme como atriz”, constata ela.

Na trama, Lili é uma patricinha mimada que vê seu mundo desmoronar após receber uma carta deixada por seu pai, Luis Carlos (Antonio Calloni), desaparecido há mais de dez anos. Com o objetivo de entender o que aconteceu, ela acaba se unindo a William (Thiago Rodrigues), que viu seu irmão, Marlon (Rodrigo Simas), e sua tia Tereza (Carolina Ferraz) sumirem de maneira misteriosa, assim como Rafa (Vinicius Tardio), abandonado pela namorada, Paulinha (Christiana Ubach), que some do mapa e deixa apenas um vídeo de despedida, dizendo ter ido em busca da felicidade. Os três protagonistas passam a desvendar os mistérios por trás dos sumiços e chegam ao ‘grupo’, reunião de pessoas em um lugar no meio do nada.

“É uma história que vai tocar as pessoas porque fala de família. Quem nunca perdeu ou teve medo de perder o pai? A novela vai levantar todos esses valores. Para chegar ao tal lugar, você precisa ser merecedor dessa felicidade. E aí eu mesma começo a pensar: ‘Será que estou fazendo tudo certo na minha vida?’”, questiona a atriz.

Você pode gostar