Por joyce.caetano

Rio - Luiza Valdetaro, a Hilda da novela ‘Joia Rara’, através de seu advogado Sylvio Guerra, ganhou processo por danos morais e estéticos, contra a drogaria Venâncio. Quando estava grávida, a atriz teve anemia e precisou fazer reposição de ferro via oral e injetável. As aplicações injetáveis, feitas por funcionários da drogaria, aconteceram de novembro de 2007 a abril de 2008. Uma delas foi dolorida e causou enorme mancha em seu glúteo.

Luiza Valdetaro vence processo contra drogariaDivulgação

Luiza esperou muito tempo, acreditando que a mancha desapareceria. Mas isto não ocorreu e ela teve gastos com dermatologistas para remoção da mancha. A juíza Mariana Moreira Tangari Baptista, da 3a. Vara Cível da Barra da Tijuca, condenou a Venâncio ao pagamento de indenizações por danos morais e estéticos.

Na quarta-feira, a desembargadora Nilza Bitar, inadmitiu o recurso especial da drogaria, que tentava levar o caso paro o STJ, em Brasília. Os valores das indenizações, corrigidas até agora, já somam R$ 32.497.

Você pode gostar