‘Caras & Bocas’ será a próxima novela exibida no ‘Vale a Pena Ver de Novo’

Trama de Walcyr Carrasco, que foi exibida originalmente em 2009, volta à TV a partir do dia 13

Por O Dia

Rio - Ele é machista. Ela é moderna. Ele é pobre. Ela é rica. Ele é cabeça-dura. Ela também. A paixão pela arte permite que Gabriel (Malvino Salvador) e Dafne (Flávia Alessandra) se encontrem. O temperamento forte dos dois faz com que eles vivam às turras, mas também que se admirem e se amem. A vida, no entanto, desenhou caminhos bem distintos para o casal. A história de amor entre Dafne e Gabriel é o tema central de ‘Caras & Bocas’, que volta à TV a partir do dia 13. 

Gabriel (Malvino Salvador) e Dafne (Flávia Alessandra) em cena de 'Caras & Bocas'Divulgação


O ‘Vale a Pena Ver de Novo’ será especial na semana de 13 a 17 de janeiro. Ao final de cada capítulo da última semana de ‘O Cravo e a Rosa’, o público assistirá a episódios de 30 minutos de ‘Caras e Bocas’, com as emoções iniciais da novela.

Ambientada na cidade de São Paulo, a trama gira em torno da história de cão e gato de duas pessoas de gênios fortes e classes sociais diferentes, mas capazes de se amar profundamente. Dafne e Gabriel se conhecem num curso de pintura e se apaixonam na juventude, mas são separados pelo avô da moça, o milionário Jacques (Ary Fontoura). Temendo que o rapaz estivesse apenas interessado na herança de sua neta, Jacques convence Gabriel a aceitar uma bolsa de estudos em Londres.

Resultado: Gabriel vai para o exterior sem saber que Dafne está grávida e acreditando que a namorada o trocou por outro, enquanto ela tem certeza de que foi abandonada pelo namorado, que não quis assumir a filha Bianca (Isabelle Drummond). Eles se reencontram anos mais tarde, mas as mágoas do passado dificultam a reconciliação.

Com direção de núcleo de Jorge Fernando e autoria de Walcyr Carrasco, a novela foi exibida originalmente em 2009, no horário das sete. “Todos temos nossos sonhos. Mas às vezes a vida nos leva para caminhos diferentes. Dafne teve sua filha no inicio da juventude e julga ter sido abandonada pelo pai da criança. Ela se realizou profissionalmente abrindo sua galeria de arte, entretanto, nunca mais se apaixonou. No fundo, mantém seu sonho guardado numa caixinha. Gabriel quis ser um grande pintor, porém as circunstâncias da vida o fizeram assumir o pequeno negócio do pai, ter uma vida mais comum. Seu sonho e sua sensibilidade artística também foram guardados numa caixinha. E ele não sabe que o relacionamento de juventude resultou numa criança”, conta Walcyr.

Últimas de Televisão