'Em Família': Helena e Virgílio brigam por causa de Laerte

Helena volta a Goiânia e marido quer saber se ela reencontrou o antigo namorado

Por O Dia

Helena e Virgílio brigam por causa de LaerteDivulgação

Rio - As brigas entre Helena (Júlia Lemmertz) e Virgílio (Humberto Martins) têm sempre o mesmo motivo: Laerte (Gabriel Braga Nunes). E não será diferente na sequência de ‘Em Família’, dia 5. O casal conversa sobre a ida de Helena a Goiânia para o enterro de Itamar (Nelson Baskerville), pai do músico. Virgílio pergunta se matou as saudades. Helena: “Não fui pra matar saudades de nada, nem de ninguém”.

Ele: “E o voo?” Helena diz que fica sempre tensa no avião, mas que Luiza (Bruna Marquezine) dormiu. E explica que a filha foi jantar na casa de Shirley (Vivianne Pasmanter) e chegou de madrugada. Acrescenta que não quis ir, porque não tinha nada a ver com ela. Helena: “Pelo que me contaram, está muito rica.” Virgílio: “Quem diria?” Helena: “Ela foi sempre muito esperta. E eu não queria que a Luiza fosse nesse jantar. A Shirley não é do bem.” O marido argumenta que ninguém é 100% do bem. Ela concorda, mas diz que Shirley sabe armar as coisas e conseguiu até um filho. Virgílio: “Do Laerte.” Helena fala que não sabe, que está atrasada e quando vai sair, ele a segura: “Por que está evitando essa conversa?” Helena: “Evitando falar sobre um assunto que certamente não vou gostar. E você devia ter sensibilidade pra perceber.”

Virgílio pressiona. Quer saber se ela esteve com Laerte. Helena: “Não quero falar sobre isso. Me faz mal! E você não tem o direito de me interrogar.” Virgílio: “Tenho sim! Também faço parte dessas lembranças! Só que eu devia ser a parte boa desse passado. Mas você insiste em só lembrar o lado que te afastou do Laerte. Não o lado que te aproximou de mim.” Helena: “Do que é que você tá falando?” Virgílio: “Você entendeu. Se tudo de ruim não tivesse acontecido, você não estaria comigo, não teríamos a nossa filha. Olha pra mim, me responde: a sua infelicidade é por causa do presente que você tem ou por causa do futuro que você não teve com o Laerte?”

Helena: “Pergunta típica da sua filha! A Luiza adora fazer esse joguinho, que é uma caça pra ver se pega a gente na mentira. Você aprendeu com ela. A resposta é não sei! Não sou como você. Não consigo separar as escolhas que fiz de outras que não pude fazer! Sou humana, normal. E você? Nunca pensou que a sua felicidade foi construída em cima de uma tragédia? Fica feliz com isso?” Ele: “Não sou tão feliz quanto você imagina. Também poderia ter feito outras escolhas.” Ofendida, ela dá o troco: “Ainda tem tempo pra isso.” Virgílio suspira paciente.

Últimas de Televisão