Por tabata.uchoa
Apresentador vai fazer entregas em domicílioEdu Moraes / Divulgação

Rio - Instalados em uma pizzaria de São Paulo, Marcos Mion e a equipe do ‘Legendários’ esperam o telefone tocar. Feito o pedido, o apresentador e sua trupe entregam a pizza na casa do cliente desavisado. O ‘Legendários em sua Casa’, que estreia hoje, a partir das 22h15, na Record, é a maior aposta de Mion para 2014.

“É um formato que me possibilita ter contato direto com o público. Eu estava sentindo muita falta disso. A gente leva as provas do programa para dentro da casa da pessoa. Quando a gente chega, a pessoa pode optar pela pizza ou ficar com a do ‘Legendários’, e aí começa o jogo”, conta Mion, acrescentando que a família participa de provas nas quais pode ganhar R$ 3 mil.

Se a casa for pequena demais para acomodar o apresentador, Mionzinho, Juju, Hulk Magrelo, Blade e os câmeras, o desafio é ainda maior. “A gente tem que se virar. Vamos com uma produção impecável, que consegue transformar as coisas na hora”, diz.

No ar há quatro anos, o ‘Legendários’ se consolidou no segundo lugar de audiência, com médias de 8 pontos. Às vezes, a atração ultrapassa por vários minutos a Globo, que até puxou o ‘Altas Horas’ para mais cedo. “Quando a gente entra, a novela (‘Em Família’) ainda está no ar. É mais difícil, é uma guerra bonita de se ver!”, relata.

Com a estreia do programa de Sabrina Sato no próximo dia 26, às 20h30, na Record, Mion vai voltar para o antigo horário (23h15) e acredita que o jogo vai mudar. Atualmente, ele herda uma audiência baixa do filme exibido antes do seu programa, com apenas 2 pontos.

“Isso é muito cruel. Com a Sabrina, o carisma que ela tem, espero receber boa audiência. Só tenho a comemorar”, declara o apresentador, que desmente boatos de que estaria com ciúmes da colega por ter que dividir com ela o diretor, Cesar Barreto Filho, o Cesinha. “Ela é muito gente boa. Fiz o ‘Vale a Pena Ver Direito’ com a Sabrina e foi sensacional. Virei muito fã dela.”

Apesar de muito trabalho, Mion, 34 anos, diz que a família é sua prioridade. “Se estou num ritmo em que não consigo ver meus filhos, tem alguma coisa errada. Aí, eu paro”, garante o pai de Romeo, 8, Donatella, 5, e Stefano, 3, frutos de seu casamento com Suzana Gullo.

Após revelar em janeiro numa rede social que Romeo tinha um distúrbio de desenvolvimento, que não se encaixa 100% no autismo, Mion está mais à vontade para falar do filho, que considera “uma bênção”. “Existe preconceito contra o que as pessoas não conhecem. Obviamente, eu tinha que poupar meu filho de receber um rótulo que fosse limitá-lo. Graças a Deus, ele evoluiu maravilhosamente e hoje tem uma vida normal”, diz.

Você pode gostar