Por daniela.lima

Rio - Após as sucessíveis polêmicas envolvendo o nome da jornalista Rachel Sheherazade, apresentadora do 'SBT Brasil', a emissora decidiu que a partir de agora, os jornalistas da casa só poderão emitir opiniões em forma de Editorial.

Comentário de Rachel Sheherazade sobre caso envolvendo menor infrator gerou polêmicaDivulgação


Em comunicado oficial encaminhado para a imprensa, o SBT afirma ainda que os comentários serão de responsabilidade da emissora e que a jornalista poderá ainda ler no ar, comentários que não são de sua autoria.

A apresentadora tinha carta-branca da emissora de Silvio Santos para expor suas opiniões à frente da bancada do telejornal, porém grande parte dos comentários da jornalista acabaram dando origem a polêmicas entre elas quando comentou sobre o caso do adolescente de 16 anos, que foi preso nu à um poste, no Rio, por justiceiros que o acusavam de praticar roubos na região. Na ocasião entre comentários a âncora do SBt sugeriu que os defensores dos Direitos Humanos adotassem um bandido. Veja a nota oficial do SBT na íntegra.

"Em razão do atual cenário criado recentemente em torno de nossa apresentadora Rachel Sheherazade, o SBT decidiu que os comentários em seus telejornais serão feitos unicamente pelo Jornalismo da emissora em forma de Editorial. Essa medida tem como objetivo preservar nossos apresentadores Rachel Sheherazade e Joseval Peixoto, que continuam no comando do SBT Brasil."

Você pode gostar