Por daniela.lima
Personagem de Isabelle Drummond na trama%2C é inspirado em Lindsay LohanDivulgação

Rio - Qualquer semelhança com Lindsay Lohan e Melanie Griffith não é mera coincidência. Isabelle Drummond (Megan) terá traços da garota-problema de Hollywood, e Renata Sorrah (Gláucia), da alcoólatra Melanie, na nova trama das 19h, ‘Geração Brasil’, que estreia dia 5 de maio, na Globo.

Lindsay já foi presa, acusada de roubo e é figurinha cativa nas clínicas de reabilitação. “A gente não vai poder mostrar, mas a Megan bebe, se droga e não faz nada. Só quer saber de se divertir. Ela já foi presa algumas vezes por dirigir embriagada. É protegida, mas sente falta de limite, de educação e da presença dos pais. Ela é revoltadinha”, explica Isabelle, que na história é filha do casal de celebridades formado por Murilo Benício (Jonas Marra) e Cláudia Abreu (Pamela Parker).

Para dar vida à patricinha, a atriz clareou e alongou as madeixas e modernizou o visual. “A caracterização dela tem um pouco da menina meiga, da fresquinha e uma pegada rock ’n’ roll. Foi bem chocante me ver tão loura, mas estou me sentindo mais sexy, é uma sensualidade bonita, chique”, admite ela, que tem um estilo mais clássico fora da ficção.

Já Renata pegou de Melanie, mulher de Antonio Banderas, o jeito desleixado. “Ela era uma mulher muito linda e foi ficando bagaceira. Coitada, está péssima. A Gláucia usa muita roupa justa, calça da Gang. Ela é insuportável, deve tomar umas bolinhas para dormir. Rouba umas coisinhas aqui, outras ali. E vive de ressentimento, porque há 20 anos não fala com o filho (Jonas)”, adianta.

A atriz pesquisou na internet a rejeição materna. “Ela odeia o filho, porque ele roubou dinheiro dela para comprar a passagem para ir para a Califórnia, Estados Unidos. Depois, nunca mais ligou. Só dá uma mesadinha para ela não tocar no nome dele. Mas ela sempre foi péssima com o filho, desde pequeno o tratava mal. Na Taquara, ninguém sabe que ela é mãe desse milionário. Ela anda de van”, conta Renata, que visitou o bairro onde a personagem mora para fazer laboratório: “Achei o máximo. Lá, as pessoas são livres. Gláucia tem orgulho de ser da Taquara.”

O personagem de Renata Sorrah terá traços da alcoólatra MelanieDivulgação


Você pode gostar