Após agressão, Dado Dolabella está fora da Record

'Agora ele vai aprender', critica produtor agredido

Por O Dia

Rio - Após ser acusado de agredir o produtor da novela Vitória, da Record, Carlos Henrique Andrade de Araújo, Dado Dolabella teve o contrato rescindido pela emissora de Edir Macedo. O ator foi comunicado oficialmente sobre a decisão ontem. “A Record realmente rescindiu o contrato do Dado. O ator já foi notificado”, confirmou a emissora.

Dado Dolabella teve contrato rescindido pela RecordFabio Gonçalves / Agência O Dia

Procurada pelo MEIA HORA, a assessoria do ator também ratificou a informação. “A Record mandou um telegrama para ele sobre a revogação do contrato. O motivo é devido ao comportamento dele, mas em momento nenhum cita que foi devido a suposta agressão ao produtor da novela”, afirmou o assessor Paulo Sanseverino, ressaltando ainda que a produção da trama e nem a direção fizeram contato com o ator.

“Eles não entraram em contato com o Dado ainda, por isso ele não sabe o que acontecerá com o seu personagem já que várias cenas já foram gravadas. Ao receber a notícia ele ficou surpreso. O Dado estava adorando fazer a novela. Em breve ele vai dar a versão dele sobre os fatos ocorridos nas últimas semanas”, explicou Paulo. Dado vai aparecer até o sétimo capítulo, quando o personagem vai se despedir. Escrita por Christiane Fridman, a trama tem estreia prevista para maio. No elenco, estão nomes como Bruno Ferrari, Beth Goulart e Gisele Itié.

'Ele não está acima do mundo'

Dado Dolabella é acusado de agredir o produtor Carlos Henrique Andrade de Araújo, de 42 anos, no último dia 3 de abril, enquanto gravavam cenas em Curaçao, no Caribe. A vítima alega que foi empurrada pelo ator após ele pedir um café no set de filmagem e não ter a bebida.

“Não sei se fui o causador desta rescisão. Porém, agora, ele (Dado) vai aprender a não agredir e empurrar ninguém. Não pode achar que ele está acima do mundo. Espero que tenha aprendido a lição”, declarou o produtor, afirmando que nenhuma testemunha ainda foi chamada para depor na 42ª DP (Recreio), que apura o caso. Em 2008, Dado agrediu sua então namorada, a atriz Luana Piovani.

Reportagem: Guilherme Santos e Isabelle Rosa

Últimas de Televisão