Por tabata.uchoa
Chandelly é uma engenheira%2C expert em tecnologia%2C provocadora e sexy em 'Geração Brasil'Divulgação

Rio - Quem acha que toda nerd usa óculos fundo de garrafa, tem cabelo desgrenhado e não liga para a vaidade, basta olhar para a personagem de Chandelly Braz na novela das 19h da Globo, ‘Geração Brasil’. Manuela Yanes é uma engenheira, expert em tecnologia, provocadora e sexy. “Ela não é só uma nerd, é uma menina que se diverte, que dança maracatu (ritmo pernambucano) como outras por aí”, aponta a atriz.

Os autores Izabel de Oliveira e Filipe Miguez atuaram quase como cupidos de Chandelly e Humberto Carrão. Os dois começaram a namorar durante as gravações de ‘Cheias de Charme’ (2012) e agora voltam na nova trama da dupla como um casal. O fato de terem um relacionamento dentro e fora da TV, para a atriz, é só vantagem.

“Quanto mais intimidade você tem com a pessoa, melhor vai ser a cena. Quanto mais conhece mais o jogo acontece. Temos essa intimidade e tenho certeza de que o trabalho será tão bom quanto com outros colegas”, acredita. Eles levam o personagem para a cama: “Falamos sobre o nosso trabalho, claro. Dou a minha opinião para um amigo, por que não daria para ele? E, quando chegar a hora, vamos passar texto em casa também.”

Se Manu é uma hacker autodidata, Chandelly mal sabe usar as ferramentas digitais e nem se importa tanto com elas. Fetiche de fotos íntimas tiradas com celular ou computador, ela não tem: “Não faço quase nada, mal um selfie. Estamos num caminho para inibir esse tipo de invasão. Estão sendo criadas leis que conseguem punir cada vez mais esse tipo de crime, mas todo mundo tem o direito de fazer o que quiser com o seu celular ou computador. Eu é que não gosto disso.”

O uso das redes sociais é moderado, e a atriz só tem Facebook, mas, vez ou outra, alguém se passa por ela no Twitter. “Já consegui ficar mais tempo sem celular, hoje eu não me imagino sem. Durmo com o aparelho ligado porque preciso do despertador, mas não me incomodo de ver aquela tela cheia de mensagens no WhatsApp. Entro no Facebook uma vez por semana. Não é um controle, é que, para mim, não é tão importante. Não sou viciada”, deixa claro.

Com 53kg, Chandelly, quando pode, faz pilates e drenagem. E jura que come de tudo, sem exagero: “Dei uma encorpada, a idade (ela tem 29 anos) vai chegando, não tem jeito. Mas eu nunca fui gordinha, sempre fui magrela.”

Você pode gostar