Por tabata.uchoa

Rio - No “SuperPop” dessa segunda-feira, na RedeTV!, Luciana Gimenez mostrou uma entrevista que fez com Irani, mulher de Maguila, em um hospital de São Paulo, onde o ex-lutador está internado para controlar o Mal de Alzheimer e a demência pugilista – doença desenvolvida por boxeadores que se submeteram a muitos traumas na cabeça durante a vida.

“Ele veio para cá com um quadro de começo de pneumonia. Entrou na sonda e hoje já consegue se alimentar com comida pastosas”, contou Irani.

Luciana Gimenez visita Maguila no hospitalReprodução Internet

Após Luciana mostrar uma retrospectiva do lutador, a apresentadora quis entender como começou o quadro das doenças dele. “Há cinco, seis anos o Maguila começou a ter um comportamento de agressividade, de não dormir e aí comecei a perceber uma dificuldade dele. Procuramos um médico amigo nosso e ele começou a tratar uma depressão”, contou ela, que até então não tinha descoberto a demência.

“Depois ele começou a esquecer as coisas. Hoje, a demência está o dificultando a engolir, então ele emagreceu. Para mim a demência é a pior doença. Ele está definhando aos poucos”, concluiu ela.

Luciana questiona sobre a força de vontade do ex-lutador, uma vez que o quadro é degenerativo. “Ele não quer viver em uma cama. Mas já disse para ele que nós temos que lutar. O comando está na mão de Deus e Ele é quem decide. Não acredito na melhora (total), mas não quero o ver sofrendo”, revelou Irani.

Após a entrevista, Luciana decidiu seguir até o quadro de Maguila, onde não levou as câmeras. “Achei que ele estaria pior. Ele está magrinho, mas acho que vai melhorar. Para nós que somos fãs, acredito que ele vá melhorar. Ele está conosco e está lutando”, disse a apresentadora.

Você pode gostar