'Em Família': André nas mãos de Laerte

Flautista briga com estudante por ciúmes de Luiza e quase provoca um grave acidente

Por O Dia

Flautista briga com estudante por ciúmes de Luiza e quase provoca um grave acidenteDivulgação

Rio - Cada vez mais passional, Laerte (Gabriel Braga Nunes) toma satisfação com André (Bruno Gissoni) por causa de Luiza (Bruna Marquezine) e quase provoca um grave acidente. Na sequência de ‘Em Família’, a partir do dia 25, Luiza e Laerte vão à casa de Shirley (Viviane Pasmanter), no jantar de noivado do pai dela, Viriato (Antonio Petrin). Depois de trocar farpas com Selma (Ana Beatriz Nogueira), Luiza chama o noivo para ir à festa na faculdade.

Contrariado, o músico acompanha a noiva e, lá pelas tantas, diz que está detestando tudo. A jovem quer dançar. E, já que Laerte não se interessa, Luiza pega André e o puxa para a pista. Na troca de música, André faz um carinho descomprometido na ex e sai. Luiza procura por Laerte e André se afasta, indo na direção de um vão mais alto. De repente, Laerte surge: “Você gosta de me desafiar, não é?” André responde: “Cai fora. Tô nem aí pra você.” O músico alfineta: “Mas na minha mulher você se liga até demais.” André: “Tenho é pena da Luiza, por ela ter se envolvido com um cara que nem você.”

O papo esquenta. Laerte se aproxima e eles ficam próximos a um vão. André sente o perigo. O flautista provoca: “Tem medo de altura? Você ainda nem viu nada. Acha mesmo que é páreo pra mim?” Faz um movimento rápido e salta. André: “Pra que isso?” Laerte olha desafiador. “E aí? Vai afinar ou aceitar meu desafio?” O rapaz dá um passo em falso e fica pendurado. Bárbara procura o amigo e, ao vê-lo, grita por socorro. Luiza, Dulce (Lica Oliveira) e Pedro Paulo (Eduardo Galvão) se aproximam. Pedro Paulo corre e consegue salvar André. Todos aplaudem e saem.

Laerte surge e arrasta Luiza. Ela pergunta se ele tem algo a ver com o que ocorreu. Laerte: “Ele mereceu.” Luiza: “Não tem vergonha?” Laerte: “Vergonha de te amar? Vem, meu amor.” Já em casa, Luiza, irritada, dá bronca em Laerte, que a culpa: “Você me perturba! Foi lá e me provocou, se atirando pra ele!” Ela: “Ainda que tenha agido mal, não expus ninguém ao risco. Você não pode brincar com a vida das pessoas desse jeito!” Laerte: “Se errei, foi por amor. Fico maluco só de pensar na possibilidade de te perder. Me perdoa!” Luiza: “Não vou mais admitir que faça esse tipo de coisa! Não quero que tente me controlar. Muito menos que repita cena parecida!” As lágrimas escorrem e ela sussurra: “Perdoo.” Arranca as mãos dele de seu corpo e corre para o quarto. Laerte se recompõe sem trauma.

Últimas de Televisão