Por karilayn.areias

Rio - Festas selvagens, noites de apostas perdidas e grandes paixões são ótimas desculpas para tatuagens malfeitas. A dupla Dirk Vermin e Rob Ruckus leva ao ar a segunda temporada da série ‘Bad Ink’ em busca das piores tattoos do mundo e das histórias vexaminosas por trás delas. A estreia é hoje, às 22h30, no A&E.

Da esquerda%2C Ruckus e Vermin%3A tatuagens feitas após festas ou em meio à empolgação de um namoroDivulgação

A série se passa em Las Vegas e mostra, em sua estreia, casos como o de Erica que, quando estudante, deixou o então namorado tatuá-la em partes íntimas — e arrependeu-se depois. E os desenhos malfeitos que eles observam no corpo de uma candidata num concurso de montaria em touro com biquíni. Mais: Jordan, uma garota que acha que sua tatuagem está arruinando a sua vida sexual, procura a dupla e pede ajuda. Dos dois, só Dirk é tatuador. Ele é proprietário do estúdio Pussykat Tattoo e faz consertos nas tatuagens ruins que surgem no programa. Rob é seu melhor amigo e também adora caçar tatuagens mal-acabadas.

Além das tattoos, ‘Bad Ink’ mostra a vida íntima de ambos, com Rob trabalhando num bar punk e Dirk tatuando e criando dois filhos como pai solteiro.

Você pode gostar