Por daniela.lima

Rio - Não está fácil para ninguém. Mas para o jornalista Fred Melo Paiva está bem complicado. Na segunda temporada de ‘O Infiltrado’, que estreia hoje, às 23h, no History, ele se aventura em 11 diferentes universos, como o da morte e o da pornografia. 

Fred Melo Paiva recebe aulas de uma atriz pornô para fazer um filmeDivulgação


Logo no primeiro episódio, Fred resolve se infiltrar na indústria brasileira de filmes pornôs, para desvendar a propalada sexualidade do brasileiro. Sua missão é virar um ator pornô e penetrar (ops!) nesse mundo.

Depois de arrumar um ‘personal pornógrafo’ — o ator Lopan —, ele encontra uma parceira para o filme: a atriz, dançarina e stripper Sarah Lopez, com quem tem umas aulinhas básicas. O marido da artista dá o sinal verde para Fred contracenar com ela, e o próximo passo do jornalista mineiro, casado, é viabilizar a produção e a filmagem.

Além disso, Fred tenta entender o mundo dos mortos, planejando o próprio velório e enterro num cemitério de verdade. Ele também teve aulas de funk com Mr. Catra e de dança com Fernanda Abreu. Em Brasília, no Vale do Amanhecer, aprendeu como criar uma seita religiosa e vira um líder espiritual seguido por milhares de pessoas.

Você pode gostar