Por victor.duarte

São Paulo - Foi emocionante a forma como Jô Soares falou de seu filho Rafael Soares (morto aos 50 anos na última sexta-feira, vítima de um câncer no cérebro), durante a gravação de seu programa que aconteceu na segunda-feira, o primeiro que Jô gravou após a perda. Na abertura da atração, o apresentador, que sempre foi discreto ao comentar sua relação com o filho, não se conteve e falou de sua dor.

Com a voz embargada e visivelmente emocionado, Jô Soares fez uma homenagem ao filho, Rafael Soares, que morreu aos 50 anos na semana passada. A declaração do humorista e apresentador foi ao ar nesta segunda-feira, no "Programa do Jô", da Rede Globo.

"A nossa abertura de hoje vai ser um pouco diferente porque, na última sexta-feira, eu sofri a dor que é o pesadelo de todo pai. Rafael foi uma criança especial, como era autista, foi uma criança até o fim. Passou a vida inteira na realidade de seu próprio mundo, com corpo de adulto e alma de criança".

Declaração do apresentador sobre a morte do filho foi ao ar nesta segunda-feira, no "Programa do Jô"Divulgação

Pouco depois, Jô falou das qualidades e atividades de Rafael, que era autista, mas nutria uma grande paixão por programas de rádio e mantinha uma estação dentro da casa onde morava com a mãe, Teresa Austregésilo, no Leblon. “Ele passou a vida inteira na realidade do seu próprio mundo, com corpo de adulto e coração e alma de criança. Ele tinha um ouvido absoluto, por isso, tocou piano, adorava música, mas a sua grande paixão era o rádio. Por isso, tinha a própria emissora de rádio. Derico, numa prova de amizade, fez vinhetas para ele. Essa disposição de viver com entusiasmo e até com paixão, me dá muito orgulho do meu filho".

“Mesmo operando em casa, nem por isso ele deixava de ser um DJ, muito competente, trocava experiências e conhecimentos com o radialista Roberto Canázio, seu amigo, que ele adorava e era adorado de volta”, completou.

Na sexta, Roberto Canázio falou com o DIA sobre sua relação com Rafael. “O Rafael era uma pessoa que eu amava mesmo, era inteligente, carinhoso, muito verdadeiro, extremamente antenado”, disse Canázio. Jô Soares encerrou a gravação dedicando o programa ao filho e foi aplaudido de pé pela plateia. “Obrigado por todo carinho. Começou difícil, e, graças a vocês, foi se tornando mais leve e alegre”, agradeceu.

"Queria dedicar esse programa para ele e para a Teresa Austregésilo que foi minha companheira por 20 anos e cuidou dele por 50 anos. Queria agradecer o carinho e as mensagens, é como se eu estivesse agradecendo a cada um de vocês. Para o meu querido Rafa, um beijo grande", disse Jô, mandando seu beijo característico.

* Com informações do IG

Você pode gostar