'Império': Comendador assusta Cora ao surgir vestido de branco no Réveillon

Esta será a única vez em que José Alfredo, que é conhecido como 'Homem de Preto', surgirá em cores claras

Por O Dia

Comendador vai surpreender a todos ao aparecer vestido de brancoFotomontagem

Rio - Conhecido como o ‘ Homem de Preto’, José Alfredo de Medeiros (Alexandre Nero) surpreenderá os telespectadores da novela ‘Império’, e, principalmente, Cora (Marjorie Estiano), quando, na noite de Réveillon, aparecer como na foto, todo vestido de branco.

“Mas esta será a única vez na novela em que o Comendador usará a cor. Ele sai do bar de Manoel (Jackson Antunes), em Santa Teresa — lá, arrumaram um quarto para ele ficar escondido, desde que voltou do garimpo em Minas Gerais — e Cora, que estava passando por ali, o vê. José Alfredo vai até ela e diz que não é ele, mas só uma aparição. Nisso, Manoel solta umas bombinhas atrás dela, que se assusta e vira. Quando volta a olhar para José Alfredo, ele já desapareceu. Mesmo assim, Cora irá procurar Maria Marta (Lilia Cabral) para contar o que aconteceu”, revela o autor Aguinaldo Silva, com exclusividade, à coluna.

Mas, antes dessa ‘visão’, a única que terá contato com José Alfredo será Cristina (Leandra Leal), que, desde o início, sabia da falsa morte do pai e durante seu sumiço falou com ele, pelo celular. No capítulo do dia 26, ela irá ao encontro do pai no bar de Manoel. Eles ficam um tempo mudos e emocionados. Até que o Comendador diz: “Minha filha!” E ela responde: “Meu pai!” E correm para se abraçar, já às lágrimas.

Cristina também será portadora de boas notícias. Enquanto está ao lado do pai, recebe um telefonema de Clara (Andréa Horta) avisando sobre o nascimento dos filhos de Lucas (Daniel Rocha) e Du (Josie Pessoa): “O senhor agora é avô. Um casal.” Muito comovido, ele diz: “Ganhei mais uma filha e agora dois netos. Eu não mereço.”

Ela: “Claro que merece. E não esquece do seu sobrinho Elivaldo (Rafael Losso) e seu sobrinho-neto Victor (Adriano Alves).” J.A: “É emoção demais. Só fico morto de pena de não poder conhecer esses bacurizinhos.” Cristina promete levar fotos dos gêmeos. J.A. rebate: “O que eu queria era botar no colo, embalar, beijar, dar um cheiro. Quer coisa mais gostosa do que cheiro de bebê?”

Antes de se despedir, ela pergunta quando o pai vai voltar. J. A. responde que avisará com antecedência: “Por enquanto, vou continuar aqui, vigiando tudo da janela. Oficialmente, continuo morto.” Ela o abraça: “É bom que esteja de volta.O senhor estava fazendo muita falta. Agora, tenho que correr, já estou atrasada pro trabalho.” J.A.: “Não deixe de me manter informado.” Cristina: “Pode deixar.”

Últimas de Televisão