Marjorie Estiano justifica seu retorno em ‘Império’: 'Licença poética'

Atriz torce pela saúde de Drica Moraes

Por O Dia

'Existe uma licença poética'%2C diz Marjorie Estiano sobre substituir Drica MoraesDivulgação

Rio - De todas as certezas que Marjorie Estiano tem na vida, uma é de que fez a escolha correta ao aceitar retornar à trama de ‘Império’, após a saída de Drica Moraes, por motivos de saúde. Nem mesmo os possíveis julgamentos do público deixaram a atriz temerosa.

“Foi tudo tão rápido. O Papinha (diretor) me ligou e, no dia seguinte, eu já estava gravando. Não tenho muito tempo para especular. Realmente foi um turbilhão. Tudo aconteceu exatamente na semana de estreia do meu show em São Paulo. Graças a Deus o público sempre foi muito afetuoso, a Cora teve grande aceitação desde o início. A personagem já estabeleceu um carisma, uma conexão popular”, avalia Marjorie.

Nas redes sociais, já não se fala tanto na substituição de Drica por Marjorie, mas um burburinho sempre brota na web quando Marjorie contracena com Leandra Leal, que interpreta sua sobrinha Cristina na novela de Aguinaldo Silva. “O que a gente tinha de certeza era que eu não ia interpretar a personagem mais velha nesse retorno. Que eu estaria ali para fazer a Cora com a minha idade: 30 anos. Ela está no meio termo, entre a primeira e a segunda Cora”, explica.

Mesmo acertando os ponteiros aos poucos, Marjorie admite ainda estar se adaptando ao fato de tentar situar sua nova Cora no tempo e no espaço. “Quando se pega as coisas no susto, da noite para o dia, literalmente, existe um período de você conseguir entender as relações. Estou ali contracenando com personagens que agora têm a mesma idade que eu, a Cristina, o Elivaldo (Rafael Losso). Existe uma licença poética para isso. A gente está trabalhando muito e já conversamos com o Papinha para estabelecer qual o entendimento dessa relação”, elabora. Mas para a atriz, o importante é que o público entenda o porquê da escolha de trazê-la de volta.

“Uma relação de tio e sobrinhos com idades parecidas seria possível. A questão é a história como ela se desenvolveu, o passado. Mas o contexto se justifica. Aconteceu um incidente de uma atriz ter que sair e teve que entrar outra. O que já vi e ouvi é que o público tem essa liberdade de entender que a Drica teve que sair e eu entrei”, define.

Não adianta o telespectador ficar buscando respostas para justificar a substituição. Pelo que Marjorie adianta, elas podem ou não aparecer. Perguntas como ‘Por que o autor não matou a personagem?’ ou ‘Não era mais fácil pegar uma atriz mais velha?’ não a preocupam.

“Sobre a trama, não posso dizer o vai acontecer, se vem uma justificativa ou não. Talvez essas justificativas ainda venham. Na verdade, o Aguinaldo foi pego de surpresa, ninguém esperava que a Drica fosse se retirar por causa da saúde dela. Acho o Aguinaldo gênio, está aí há muitos anos, tenho certeza que ele sabe o que está fazendo”, reforça.

O assunto dá pano para manga e memes divertidos na internet. Há quem diga que Cora tomou xarope rejuvenescedor, fez plástica, outros arriscam que ela fez pacto com o ‘coisa ruim’. A intérprete da personagem acha graça, mas tenta explicar que não existe nenhuma teoria fantasiosa. Em uma cena que vai ao ar amanhã, Cora está com um ar mais sério, com o cabelo preso de uma forma que deixou Marjorie com cara de mais velha. A atriz se diverte quando questionada se foi proposital, para deixá-la mais próxima de Drica. “Não tinha pensado num cabelo mais velho”, diz aos risos.

“Talvez algo mais clássico e menos jovial, não querendo fugir de uma jovialidade, mas dentro do que a gente imagina para a Cora. Não tive maquiagem de envelhecimento. Assim como a gente, vocês também estão se entendendo sobre quem é essa Cora, e essa Cora sou eu. Eu na minha idade. A gente não fez envelhecimento, não buscou essa plástica, não existe uma aparência de jovem com uma idade mais madura. Cora tem 32 anos”. E não se fala mais nisso.

Marjorie agora só quer saber de dar continuidade ao trabalho e torce para que Drica se recupere logo. “Não conversamos porque ela já estava se cuidando. A gente trocou algumas mensagens de desejo de que tudo se encaminhasse da melhor forma e que ela se restabeleça logo. A relação é de afeto e uma vontade imensa que ela fique bem. Quem sabe ela ainda retorna”, arrisca.

Com a volta de Marjorie à trama, Aguinaldo poderá, enfim, fazer valer a Cora supercruel que ele havia prometido ao seu público. “Essa maldade sempre esteve desde o início. Mas talvez ela fique mais malvada, sim. Acho que o Aguinaldo quis dizer que a Cora agora vai empreender mais acontecimentos. Antes ele estava, de fato, pensando nas condições físicas da Drica e nas limitações dela. Mas isso, de qualquer forma, é uma opinião minha, não tem nenhum respaldo. Só Aguinaldo pode dizer”.

Casamento de João Lucas e Du movimenta a trama

O clima não era lá dos melhores durante o casamento de João Lucas (Daniel Rocha) e Du (Josie Pessôa), que vai ao ar amanhã. Mesmo diante da felicidade dos noivos, alguns convidados pareciam estar mais preocupados com outras questões. Maria Marta (Lilia Cabral) aproveitou a ocasião para destilar seu veneno. Chamou Cora (Marjorie Estiano) de cobra peçonhenta e Ísis (Marina Ruy Barbosa) de franguinha.

Leo (Klebber Toledo) surpreendeu a todos ao aparecer superelegante num terno sofisticado. Beatriz (Suzy Rego) logo fez questão de elogiá-lo. Já Tuane (Nanda Costa) preferiu analisar o tamanho da residência do Comendador.

No melhor estilo intimista, um padre declarou João Lucas e Du, grávida de gêmeos, casados. Durante as gravações, o diretor pediu que de um lado da sala ficassem os nobres da família. Do outro, os convidados menos importantes. Foi quando Leandra Leal brincou: “Nobres não de espírito!”

Últimas de Televisão