Por daniela.lima

Rio - Uma colherada vai decidir a sorte dos participantes de ‘The Taste Brasil’, versão do reality de culinária que é sucesso mundial. Os chefs Claude Troisgros, Felipe Bronze e André Mifano são os jurados do programa, cada um responsável por uma equipe. Numa degustação às cegas, sem saber quem fez a comida, os mentores provam apenas uma colher dos pratos preparados para eliminar um candidato por semana. 

Felipe Bronze (E)%2C Claude Troisgros e André Mifano disputam entre siDivulgação


O vencedor vai levar o prêmio de R$ 100 mil. Com dez episódios, a atração estreia hoje, às 22h30, no GNT. “A grande diferença é o fato de que, além da competição entre os participantes, os mentores também competem entre si. Isso transforma o programa em quase dois. Pois ora estamos sendo avaliados, ora estamos avaliando. Fora o fato de que tudo acontece ao redor de apenas uma colher. Isso faz tudo ficar mais interessante. E o fato de você poder, sem querer, eliminar um cara do seu próprio time aumenta o nível de tensão”, diz André Mifano.

O programa começa com 24 participantes, dos quais 12 são escolhidos logo no primeiro episódio para seguir na competição. Os selecionados são divididos em três equipes, cada uma com quatro participantes e comandada por um chef.

“Meu papel, fora julgar, é também criar um time de competidores, que será o meu time e, obviamente, ganhar”, avisa Claude Troisgros.

As provas são temáticas, duas por semana. Numa delas, os competidores são desafiados por um chef convidado. Os mentores ajudam na preparação das colheres e elegem um participante para representar sua equipe. O melhor ganha imunidade.

Na segunda prova, eles criam seus pratos sozinhos. E a avaliação, às cegas, é feita com apenas uma colherada.

Você pode gostar